Criminalidade

Jovem que assaltou mulher a caminho do trabalho e ainda tentou beijá-la é preso em Araguaína

Na ocasião, a vítima chegou a perseguir o autor e acabou sendo importunada sexualmente.

Por Redação 1.094
Comentários (0)

23/02/2024 09h02 - Atualizado há 1 mês
Suspeito preso pela Polícia Civil.

Um jovem de 22 anos acusado de roubo, extorsão e importunão sexual contra uma mulher de 39 anos foi preso pela equipe da Delegacia de Repressão a Roubos de Araguaína (DRR). O caso ocorreu no último sábado (17/2), na Avenida Filadéffia. O suspeito foi identificado apenas pelas iniciais E.V.S.

Segundo a Polícia Civil, a vítima seguia para seu trabalho quando foi abordada por um homem que, simulando estar armado, exigiu a entrega de sua bolsa, contendo documentos pessoais, uma bíblia e aparelho celular.

Conforme relatado pela mulher, por impulso, ela seguiu o suspeito e chegou a presenciá-lo descartando a bíblia no canteiro da rua. Durante a fuga, a vítima conseguiu abordá-lo mais à frente, ocasião em que ele exigiu que ela desbloqueasse o aparelho celular, que havia acabado de roubar, e a obrigou a fazer uma transferência via Pix.

Na sequência, o suspeito colocou o celular da vítima no bolso e segurou seu queixo com a mão, pretendendo forçá-la a um beijo lascivo, oportunidade em que a ofendida conseguiu se soltar e fugiu do local às pressas.

O autor já responde em liberdade pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, tipo pistola "Beretta", e munições. Em seu interrogatório, o suspeito confessou os crimes e com ele foi apreendido o celular da vítima.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do suspeito e, de forma rápida e eficiente, o Juízo da 1ª Vara Criminal analisou o pedido e determinou a expedição do mandado de prisão, o qual foi cumprido pela equipe da delegacia.

Para o delegado titular da DRR, Fellipe Crivelaro, o esforço contínuo da equipe em concluir inquéritos anteriores facilita a rápida atuação da delegacia na resolução de novos casos. “Com a diminuição do número de roubos e consequente conclusão dos inquéritos policiais pretéritos, a divisão antirroubos vem conseguindo dar respostas mais rápidas aos crimes atuais", destacou.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.