Denúncia do MPE

Juiz afasta agente da DEIC suspeito de corrupção e o proíbe de frequentar delegacias

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

09/05/2018 09h40 - Atualizado há 2 meses
A Justiça recebeu a denúncia do Ministério Público Estadual contra o agente de Polícia Civil Osvaldo Ferreira Ribeiro Júnior pelos crimes de corrupção ativa e peculato e também determinou o seu afastamento do cargo. Ele ainda está proibido de frequentar delegacias e outras unidades policiais no Tocantins durante todo o decorrer do processo. A decisão foi proferida nesta terça-feira (08) pelo juiz Francisco Vieira Filho, titular da 1ª Vara Criminal de Araguaína. Osvaldo está lotado na Delegacia Especializada em Investigações Criminais em Araguaína (DEIC) e será intimado da decisão. O agente é acusado de apropriar-se de aproximadamente R$ 4,9 mil apreendidos durante uma operação de combate ao tráfico de drogas, em 2011, e ainda oferecer parte do dinheiro para que outros dois agentes não denunciassem o caso. Por determinação do juiz, o policial deverá comparecer a todos os atos processuais aos quais for intimado e está proibido de manter contato pessoal, telefônico ou eletrônico com testemunhas e seus familiares e de se aproximar de qualquer um deles. Ele também não pode mudar de endereço sem prévia comunicação ao juiz. Caso descumpra alguns dessas determinações, Osvaldo poderá ser preso preventivamente. O magistrado proibiu o agente de frequentar delegacias ou outras unidades policiais a fim de evitar que ele tenha acesso e manipule papéis, documentos, objetos e outros elementos que podem ser úteis à investigação. Isso porque, segundo o MPE, Osvaldo já tentou evitar que a denúncia fosse feita ao oferecer parte do dinheiro aos outros agentes. "Isso releva uma tendência concreta do acusado à adoção de expedientes com potencial capacidade para alterar, de maneira indevida, o panorama probatório que eventualmente lhe possa incriminar", argumentou o juiz. Sobre a prisão do agente, o magistrado ponderou: "não vislumbro, nesse momento, a necessidade da decretação da medida cautelar extrema, eis que o denunciado está presente no processo, apresentou-se à autoridade policial responsável pela condução das investigações e está residindo no distrito da culpa”. Apesar de ter sido afastado das funções, Osvaldo Ferreira vai continuar recebendo o salário normalmente. Veja mais http://afnoticias.com.br/mpe-denuncia-agente-da-deic-de-araguaina-suspeito-de-corrupcao-ativa-e-peculato/
ASSUNTOS justiça deic agente

Comentários (0)

Mais Notícias

Aragominas

Jovem que degolou homem bêbado causava pânico no norte do Estado, diz polícia

A vítima foi assassinada na segunda-feira (12) após passar o final de semana ingerindo bebida alcoólica.

Prisão

Sedutoras, mulheres pediam carona para roubar caminhoneiros no norte do Estado

As mulheres já são conhecidas pela prática criminosa e usam todas as artimanhas.

Araguaína

Homem é preso duas vezes tentando furtar o mesmo supermercado em Araguaína

Dois comparsas também foram presos em flagrante dando cobertura para o furto.

Aragominas

Homem é preso suspeito de aterrorizar e tentar estuprar mulheres no meio da rua

O suspeito disse à polícia que 'galanteava' as mulheres só quando estava bêbado.

Ressocialização

Detentos aprendem a fazer blocos de concreto na própria prisão e reduzem pena

Os artefatos, inicialmente, serão utilizados na melhoria da estrutura da unidade.

Em 2017

Homem é preso suspeito de matar o avô da esposa a pauladas após discussão

O crime teria sido motivado em razão de supostos maus-tratos que a bisneta estaria sofrendo.

Barra da Grota

Seciju tenta identificar celular utilizado para filmar homenagem a bandido morto

O vídeo mostra vários supostos integrantes do PCC reunidos no Presídio Barra da Grota em homenagem ao criminoso.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.