11 anos de prisão

Júri condena homem que tentou matar ex-mulher com golpes de faca e porrete

Segundo a denúncia, o suspeito invadiu a casa, agrediu a ex-mulher e ainda tentou levá-la à força para morar com ele.

Por Redação
Comentários (0)

14/03/2019 15h21 - Atualizado há 1 semana

Manoel Nascimento dos Santos foi condenado a 11 anos e oito meses de prisão por tentar matar a ex-mulher com golpes de faca e porrete e ainda terá que indenizar a vítima em R$ 8 mil.

O crime ocorreu em novembro de 2017 no município de Novo Alegre. Já a sentença foi proferida pelo Tribunal do Júri nessa quarta-feira (13), em Aurora do Tocantins.

Conforme a denúncia, Manoel Nascimento não teria aceitado o fim do relacionamento, descumpriu medida protetiva, invadiu a casa de sua ex-companheira e agrediu a mulher com os golpes, causando leões graves nas mãos, dedos e cabeça da vítima.

Ainda inconformado, o homem chegou a arrastar a mulher para fora de casa com o objetivo de levá-la para morar com ele na residência de sua propriedade.   

Os delitos foram praticados pelo réu com frieza emocional atingindo a vítima em várias partes do corpo, de forma continuada. Ademais, o réu atuou com premeditação para a prática delitiva, além de ter arrastado a vítima para dentro da casa demonstrando alto grau de reprovação”, afirmou o juiz Jean Fernandes Barbosa Castro.

A sentença foi a primeira do Tribunal do Júri sobre tentativa de feminicídio da Comarca de Aurora do Tocantins e faz parte das ações com atenção especial da Justiça que estão sendo julgadas em todo o país na Semana pela Paz em Casa.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.