Operação

Maior articulador de fraudes contra o FGTS é preso em operação da Polícia Federal em Palmas

Aliciava pessoas para que se passem por trabalhadores com direito a saques do FGTS.

Por Redação 711
Comentários (0)

17/11/2023 15h41 - Atualizado há 3 meses
Operação da PF em Palmas

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira (17), a operação ‘Garantia’, dando início à etapa ostensiva da fase de investigação criminal que tem por objetivo prender o principal articulador de fraudes em prejuízo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em Palmas. 

A investigação teve início após a prisão em flagrante de uma pessoa em junho deste ano no momento que ela tentava sacar valores do FGTS em unidades bancárias em Palmas com uso de documentos falsos.

As investigações apontaram que o suspeito preso nesta sexta-feira é o responsável por aliciar pessoas para que se passem por trabalhadores com direito a saques do FGTS e realizem saques indevidos.

Foram cumpridos um mandado de prisão e um de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Federal de Palmas.

O preso, que já tem condenação por roubo, vinha cumprindo medida de uso de tornozeleira eletrônica durante os fatos sob investigação da Polícia Federal.

O objetivo da operação é, além de tirar de circulação o principal articulador do esquema criminoso, identificar outros coautores e partícipes do esquema criminoso de confecções de documentos falsos e de saques indevidos de FGTS.

Todos os envolvidos poderão responder, na medida de suas responsabilidades, por estelionato majorado, falsificação de documento, uso de documento falso e associação criminosa. As penas somadas podem chegar a mais de 15 anos de reclusão.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF Notícias. Todos os direitos reservados.