‘Midas’

Megaoperação da PF cumpre 40 mandados contra venda ilegal de ouro no Tocantins

Estão sendo cumpridos 40 mandados de busca e apreensão.

Por Redação 1.157
Comentários (0)

28/06/2022 09h33 - Atualizado há 1 mês
Local de beneficiamento, compra e venda de ouro.

A Polícia Federal deflagrou uma operação na manhã desta terça-feira (28) para combater a venda ilegal de ouro no Tocantins. Conforme as investigações, pessoas de vários estados estariam comprando ouro de garimpeiros ilegais de Natividade sem a devida certificação e pagando valores menores que o praticado no mercado.

Mais de 160 policiais federais cumprem 40 mandados de busca e apreensão nas seguintes cidades: Porto Nacional, Natividade, Conceição do Tocantins (TO), Goiânia, Uruaçu (GO), São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e São Paulo (SP), Londrina (PR) e Caxias (RS). Todos os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Gurupi, no sul do Tocantins.

Conforme a PF, o objetivo da operação Midas é recuperar o ouro extraído ilegalmente e os valores obtidos com o crime, além de combater o comércio ilegal de ouro e fortalecer o conjunto probatório já existente.

Os envolvidos poderão responder pelo crime de receptação e/ou comercio ilegal de ouro.

O nome da operação 'Midas' remete ao personagem da mitologia grega que transformava tudo que tocava em ouro.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.