Susto

Mistério sobre invasão de casa, incêndio e sequestro de crianças assusta moradores

Caso ocorreu em Palmas. As crianças têm 9 e 11 anos de idade.

Por Redação 2.086
Comentários (0)

03/08/2021 15h50 - Atualizado há 1 mês
As crianças conseguiram fugir do suspeito e voltaram para casa sem nenhum ferimento

Um crime ocorrido na madrugada desta terça-feira (3/8) assustou os moradores de uma quadra do Plano Diretor Sul de Palmas. A audácia do criminoso deixou uma família em pânico e a população em alerta.

O caso ocorreu na Arso 151 (antiga 1.503 Sul) e, segundo informações da Polícia Militar, um homem teria invadido uma residência, ateado fogo em um dos quartos e levado duas crianças, de 9 e 11 anos, durante a madrugada.

A PM foi acionada por volta das 07 horas da manhã pelo pai das crianças. Ele disse à polícia que acordou com os estalos do incêndio no quarto das filhas. Correu para o cômodo, mas não encontrou as meninas. Então, ele e a esposa começaram a conter as chamas e acionaram o Corpo de Bombeiros.

Quando perceberam que as filhas não estavam na casa, os pais saíram do imóvel e encontraram as duas crianças na rua, voltando para casa com uma mala nas mãos.

Segundo a PM, a criança de 11 anos relatou que havia acordado para procurar algumas roupas, por causa do frio, e aproveitou para colocar a cadela para fora de casa, momento em que percebeu a presença de um homem dentro do quintal.

A criança disse que o criminoso fez sinal para ela não gritar, e ela correu assustada para dentro do quarto, mas o homem forçou a porta e continuou pedindo que ela não gritasse.

Ainda segundo a criança, o criminoso pediu para ela acordar sua irmã mais nova, e que colocasse alguns pertences dentro de uma mala.

Em seguida, o criminoso pediu para abrir a porta da sala e o portão, e seguiu com as duas crianças rumo à Ulbra, onde segundo a mais velha, elas conseguiram se livrar do sequestrador e saíram correndo rumo à quadra 1603 Sul.

O pai das crianças disse que a filha mais velha acordou cedo porque é ela quem cuida dos cachorros. Segundo ele, o criminoso teria usado um galão de álcool, que estava embaixo da pia, para atear fogo no quarto. O líquido inflamável era para fazer sabão, segundo o morador.

Uma vizinha da família gravou um vídeo no local relatando que as meninas teriam sido sequestradas e pedindo ajuda dos moradores que tivessem câmeras de segurança para identificar o suposto criminoso. Os bombeiros conseguiram controlar o incêndio, mas os objetos do quarto foram completamente destruídos pelo fogo. Apesar do susto, as meninas passam bem. 

Vídeo

Vídeo

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.