Paranã (TO)

Mulher era ameaçada, perseguida e chantageada por 'ficante' para estar sempre à disposição

Vítima estava com medo até de sair nas ruas da cidade em razão das ameaças.

Por Redação 929
Comentários (0)

15/04/2024 08h17 - Atualizado há 1 mês
Homem tinha uma arma de airsoft enterrada no quintal de casa

Notícias do Tocantins - Um jovem de 21 anos foi preso pelos crimes de ameaça, injúria, perseguição e posse irregular de arma de fogo, todos praticados no contexto de violência doméstica contra uma mulher na cidade de Paranã, sudeste do estado.

A ação foi deflagrada por policiais civis da 99ª Delegacia de Paranã, comandados pelo delegado titular da unidade, Vladmir Bezerra de Oliveira, com apoio da Polícia Militar, no sábado (13).

Conforme as investigações, o suspeito de iniciais C. E. R. M. estaria ameaçando, perseguindo e chantageando a vítima, com quem tinha um relacionamento de um ano. Ele queria que a mulher lhe enviasse fotos íntimas e sempre estivesse à disposição para quando ele estivesse na cidade e quisesse satisfazer seus desejos sexuais.

Segundo a polícia, o homem dizia para a vítima que tinha uma arma de fogo e se ela não lhe enviasse as fotos, poderia sofrer agressões físicas. Ele também ameaçava os membros da família, causando um verdadeiro terror psicológico na vítima.

“Em um ato de pura coragem, a vítima, não suportando mais a situação, comunicou o fato a Polícia Civil que, diante da gravidade das ações, iniciou de imediato as apurações, sendo possível reunir fortes indícios de que os crimes estavam sendo praticados contra a vítima”, falou o delegado.

Também restou apurado que a mulher enfrentava uma situação muito complicada e somente saia às ruas quando se certificava que o autor estava na zona rural, pois tinha medo das ameaças feitas por ele.

Diante dos fatos, o delegado representou pela prisão preventiva do suspeito, a qual foi deferida pela Vara Criminal e cumprida na residência do suspeito. Na ocasião, os policiais civis também cumpriram buscas no imóvel e encontraram uma arma de airsoft e o celular do suspeito, que foram apreendidos. A arma estava enterrada no quintal da casa.

Ao ser preso, o homem foi apresentado na 15ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Arraias, e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, recolhido à Cadeia Pública local, onde permanece à disposição do Poder Judiciário.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.