No sul do estado

Oito suspeitos são presos e 2 mortos após roubo de quase R$ 800 mil em defensivos agrícolas

Funcionários foram rendidos e presos dentro de um quarto.

Por Joselita Matos | Conteúdo AF Notícias 2.541
Comentários (0)

30/01/2023 09h14 - Atualizado há 1 ano
Defensivos agrícolas roubados na fazenda em Talismã, no sul do estado.

Oito pessoas foram presas em Anápolis (GO) e em Brasília (DF), neste domingo (29/01), durante uma ação integrada entre forças policiais de Goiás e Tocantins, após assaltarem uma fazenda em Talismã, na região sul do estado tocantinense, e roubarem defensivos agrícolas no valor de R$ 780 mil. Os criminosos fizeram os funcionários da fazenda de reféns para o roubo.

De acordo com a Polícia Militar, os criminosos fazem parte de uma quadrilha especializada em roubar defensivos agrícolas em âmbito interestadual e utilizavam até rádios comunicadores durante os crimes. 

Cinco suspeitos foram presos em Anápolis e os outros três em Brasília, com apoio do helicóptero da PMDF, e dois foram mortos em confronto com a polícia, um na Bahia e outro em Goiás.

Conforme a PM, os criminosos são de três estados, sendo seis do Paraná, um de Minas Gerais e outro do Pará. O grupo já tem passagens por roubo de carga de agrotóxico e assalto a agência bancárias.

A AÇÃO CRIMINOSA

O crime aconteceu na noite desse sábado (28), por volta das 22h, na fazenda Bartira, em Talismã (TO). Cerca de três a cinco homens encapuzados chegaram a pé no local, armados com revólver e pistolas, usando luvas, e obrigaram o gerente e os funcionários a fazerem a retirada do veneno para fora do barracão onde estava alojado. Depois, prenderam-nos em um quarto sem celular.

Os criminosos saíram da fazenda por volta das 3h da manhã de domingo, levando os defensivos agrícolas O gerente e os outros funcionários só conseguiram sair do quarto por volta das 6h e acionaram a polícia. 

Após o compartilhamento de informações entre a 7ª CIPM, 4º BPM, PRF e PMGO, os policiais conseguiram localizar cinco ladrões que estavam em um caminhão e uma picape, com os produtos roubados na fazenda, além de pneus e roupas usadas na ação. 

Os indivíduos foram encaminhados para a Delegacia Central de Anápolis e autuados em flagrante pelo crime de roubo a defensivos agrícolas. Durante a apreensão constatou-se que a carreta era adulterada. 

As informações foram compartilhadas com a Delegacia Agro, que está reunindo outras informações de roubos anteriores para chegar aos demais integrantes do grupo.

Prisão dos oitos criminosos foi ação conjunta das forças de segurança de TO e GO.
Quadrilha utilizava rádio comunicadores para fazerem os roubos.
Três dos criminosos foram presos em Brasília.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.