'Falso mestre'

Operação coíbe venda de diplomas fraudulentos para servidores da educação no norte do Tocantins

Oito mandados foram cumpridos e resultaram na apreensão de documentos de possível origem fraudulenta.

Por Redação 2.203
Comentários (0)

13/09/2019 08h19 - Atualizado há 2 anos
Diploma

A Polícia Civil deflagrou uma operação para coibir a prática de comercialização e utilização de diplomas de graduação emitidos por Instituições de ensino superior de forma fraudulenta no Tocantins.

A operação ‘Falso Mestre’ iniciou nesta quinta-feira (12) em Filadélfia, no norte do Estado, e contou com apoio de agentes de Babaçulândia, Goiatins e da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) de Araguaína. 

Segundo a polícia, foram cumpridos oito mandados de busca que resultaram na apreensão de documentos de possível origem fraudulenta que estariam sendo utilizados na rede pública de ensino.

As informações serão atualizadas a qualquer momento.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.