'Borduna'

Operação contra comerciantes apreende mais de 130 cartões, sendo 83 só do Bolsa Família

Comerciantes estavam retendo os cartões em Tocantínia.

Por Redação
Comentários (0)

27/11/2020 11h21 - Atualizado há 3 meses
Cartões bancários

A operação ‘Borduna’ da Polícia Civil recuperou 83 cartões do Bolsa Família e 51 outros cartões de contas particulares e outros benefícios em Tocantínia (TO), nesta quinta-feira (26).

O delegado responsável pela operação, Hismael Athos, informou que os cartões estão disponíveis na sede da delegacia para serem resgatados por seus legítimos proprietários, que devem comparecer munidos de documentos pessoais que comprovem a titularidade do cartão.

A operação foi realizada contra comerciantes que estariam, em tese, retendo cartões bancários dos povos indígenas Xerente, idosos e demais pessoas. Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos e apreendidos os cartões e anotações referentes a senhas.

Conforme o delegado Hismael Athos, as investigações iniciaram após o Ministério Público Federal (MPF) enviar notícia crime para Polícia Civil de que cartões bancários referentes a auxílios do Governo Federal eram retidos por comerciantes daquela cidade para garantir o pagamento de produtos alimentícios adquiridos pelas vítimas em estabelecimentos comerciais específicos.

Hismael Athos informou, ainda, que os cartões permaneciam de posse dos comerciantes e, à medida que os benefícios eram depositados, os respectivos valores eram debitados das contas.

Segundo a autoridade policial, há indícios de que os comerciantes sabiam inclusive as senhas bancárias dos indígenas e realizavam esses saques mensalmente.

O delegado ressaltou que é crime reter cartão de idoso e acrescentou que, inicialmente, a operação servirá de alerta para que os povos indígenas tomem posse dos seus documentos e cartões pessoais.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.