Tocantins

Pastor é preso acusado de abusar sexualmente da filha adotiva de 13 anos

Por Redação AF
Comentários (0)

24/02/2016 10h34 - Atualizado há 3 meses
Um pastor de 41 anos de idade foi preso no Tocantins acusado de abusar sexualmente da filha adotiva, de apenas 13 anos. Ele foi detido na tarde da última segunda-feira (22). Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o homem pregava em uma igreja evangélica localizada no povoado de Bom Jesus das Palmas, zona rural de Paranã (TO). A criança era criada por ele e sua esposa, desde quando a garota tinha 2 anos de idade. O pastor foi capturado, mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, expedido pela justiça. A menina relatou à polícia que desde os seis anos de idade vinha sofrendo constantes abusos por parte de seu pai adotivo. A denúncia foi feita pelo disque 100. Conforme a SSP, foi instaurado Inquérito Policial para a apuração do crime de estupro de vulnerável e após alguns dias de investigações, o delegado Elírio Putton representou junto ao poder judiciário, pelo mandado de prisão preventiva do acusado. Ele foi recolhido à carceragem da Cadeia Pública de Palmeirópolis, onde se encontra à disposição do poder judiciário.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.