TO-070

Perseguição a suspeitos de tráfico deixa dois mortos após confronto policial no Tocantins

Militares montaram uma barreira na TO-070 para interceptar veículo suspeito.

Por Redação 1.764
Comentários (0)

16/09/2021 11h34 - Atualizado há 4 meses
Após furar o bloqueio os suspeitos tentaram fugir por uma estrada vicinal

Dois suspeitos de tráfico de drogas morreram após furarem um bloqueio policial e trocarem tiros com uma equipe da ROTAM na noite desta quarta-feira (15), entre as cidades de Brejinho de Nazaré e Porto Nacional, região central do Tocantins.

Segundo a Polícia Militar, a ocorrência teve início após o Setor de Inteligência da corporação ter recebido a informação de que um carregamento de drogas estava sendo transportado entre as duas cidades.

De imediato, os militares montaram uma barreira na TO-070 para tentar interceptar o veículo suspeito. Momentos depois, um carro GM Corsa Classic, de cor prata, rompeu o bloqueio e entrou em uma estrada vicinal.

Durante a perseguição, o carro dos suspeitos bateu contra uma cerca e os dois ocupantes teriam saído do veículo atirando em direção aos policiais. Um dos disparos chegou a atingir uma das viaturas, mas não acertou nenhum militar.

Os homens foram baleados durante a troca de tiros. O Serviço Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar socorro, mas a dupla morreu ainda no local.

Os suspeitos foram identificados como sendo Sérgio Elias Aguiar Cruz Neto, 37 anos, e Francinaldo Lima da Silva, 40 anos. Segundo a polícia, os dois possuíam várias passagens criminais e um deles era foragido da justiça.

Dentro do veículo dos suspeitos os policiais encontraram quase 3 kg de maconha, um revólver calibre 32 e outro calibre 38.

A perícia foi acionada e os corpos recolhidos pelo IML de Porto Nacional. A equipe envolvida no confronto se apresentou na 11° Delegacia de Polícia Civil de Porto Nacional para prestar os devidos esclarecimentos.

 

 

 

 

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.