13º curso

PMs do Amazonas, Paraná, Rondônia e Mato Grosso fazem curso da Força Tática no 2º BPM

A aula inaugural ocorreu na sede do batalhão em Araguaína.

Por Redação
Comentários (0)

19/04/2021 14h12 - Atualizado há 1 mês
PM inicia XIII Curso de Força Tática do Estado do Tocantins em Araguaína.

A Polícia Militar começou na semana passada o 13º Curso de Força Tática do Estado do Tocantins, no 2º Batalhão de Polícia Militar em Araguaína.

A solenidade de abertura do curso seguiu o protocolo do distanciamento social, sendo realizado em ambiente aberto com espaçamento adequado entre as cadeiras, observando o uso de máscara e a constante higienização das mãos.

Dos 28 policiais militares participantes do referido curso, 10 são de Polícias Militares coirmãs da PMTO sendo: três da PM do Estado de Mato Grosso, um da PM do Amazonas, três da PM do Paraná e três de Rondônia, uma vez que a metodologia e o currículo da Força Tática da PMTO são semelhantes à de outras polícias, garantindo um alto padrão de conduta especializada e a devida técnica policial no patrulhamento tático.

O evento ocorreu de forma sucinta e contou com a presença do Comandante do Policiamento do Interior, Coronel Sherlock Luís de Mesquita, representando o Comandante Geral Júlio Manoel da Silva Neto.

A aula inaugural foi ministrada por dois palestrantes: Capitão Almino Borges Bezerra, Subcomandante da 1ª CIPM de Arraias, taticano 06 do 1º Curso de Força Tática da PMTO realizado em Araguaína, e o secretário Tom Lyra, titular da Indústria, Comércio e Serviços e presidente da Agência de Mineração do Estado do Tocantins.

As palestras ministradas focaram no aspecto motivacional, que será extremamente necessário para a boa realização do curso e nas experiências vividas pelos palestrantes.

Em relação à importância da Força Tática na manutenção da ordem pública, o Tenente-coronel Valdeonne Dias da Silva, Comandante do 2º BPM, afirmou que essa força especializada é de grande relevância para a PMTO no que tange à atuação dos policiais em situações operacionais de alta complexidade, as quais necessitam de um emprego com um maior rigor técnico.

"O Taticano possui essa condição por ser submetido a um curso intenso e que lhe fornece uma gama de conhecimentos, a fim de que possa fazer frente a essas ocorrências mais vultuosas, bem como, apoiar as viaturas ordinárias, fortalecendo todo o serviço operacional da PM”, frisou. 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.