Arapoema

Polícia desarticula ponto de tráfico de drogas que funcionava em bar e prende 3 jovens

Agentes também apreenderam drogas e insumos do tráfico.

Por Redação 1.421
Comentários (0)

01/02/2022 16h08 - Atualizado há 4 meses
Jovens presos

Agentes da 38ª Delegacia de Polícia de Arapoema desarticularam um ponto de tráfico de drogas no município e prenderam três jovens, de 18, 19 e 22 anos.

De acordo com o delegado Marco Aurélio Barbosa Limas, as investigações apontaram que um lugar conhecido como ‘Bar do Vô’ estava sendo utilizado para comercialização de substâncias entorpecentes, sobretudo maconha.

“Conseguimos constatar que um indivíduo de Colinas vinha constantemente a Arapoema para abastecer a boca de fumo, sendo que dois moradores locais ficavam encarregados de vender o entorpecente”, disse o delegado.

Durante as buscas, 14 porções de maconha enroladas em plástico foram apreendidas, além de uma moto, três celulares e mais um pedaço grande da mesma droga.

Os três presos foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e encaminhados à Cadeia Pública de Colinas.

Para o delegado Marco Aurélio, a ação demonstra mais uma vez o comprometimento da Polícia Civil do Tocantins em combater a criminalidade e reduzir ao máximo a prática de comercialização de entorpecentes.

O fechamento do ponto de venda de drogas e as prisões dos três suspeitos trazem mais tranquilidade à população de Arapoema, visto que a venda de drogas estava ocorrendo rotineiramente no bar e estava causando transtornos para famílias de usuários que viam seus filhos entrarem no mundo das drogas. Além disso, o ato ilícito também trazia insegurança para a comunidade em geral, uma vez que o tráfico é a porta de entrada para a prática de outros crimes, tais como furtos, roubos e até homicídios”, explicou.

Os três podem pegar entre 05 a 15 anos de prisão, se forem condenados por tráfico de drogas.

Drogas e demais insumos apreendidos

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.