Ciúmes

Polícia desvenda morte causada por triângulo amoroso e prende principal suspeito do crime

Autor e vítima mantinham um relacionamento amoroso com a mesma mulher.

Por Redação 1.654
Comentários (0)

16/09/2020 14h24 - Atualizado há 1 mês
Possível arma usada no crime

A Polícia Civil prendeu o principal suspeito de matar um jovem de 23 anos com um tiro no peito em Natividade, no sudeste do Tocantins, e apreendeu a possível arma do crime, uma pistola de fabricação artesanal de calibre 22.

Conforme o delegado Joadelson Rodrigues Albuquerque, a arma foi apreendida mediante o cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência do pai do suspeito nesta quarta-feira (16). O autor já havia sido preso na segunda-feira (14).

O crime

Na madrugada do dia 8 de setembro, feriado da Padroeira do Tocantins, Nossa Senhora da Natividade, o suposto autor e a vítima se encontraram em uma festa e ambos já possuíam uma rixa.

Após ingerirem algumas doses de bebida alcoólica, o homem de 24 anos, apontado como autor do crime, sacou a pistola calibre 22 e efetuou um único disparo no coração do jovem de 23 anos.

O suspeito fugiu após o crime, no entanto, foi identificado e preso posteriormente.

Motivação

As investigações da Polícia Civil demonstraram que o crime teria sido praticado por ciúmes, uma vez que autor e a vítima mantinham um relacionamento amoroso com a mesma mulher.

As investigações também demonstram que o homicídio foi premeditado, visto que o autor já chegou ao local armado e aguardou a melhor oportunidade para agir.

“Durante a investigação, foi possível constatar que o crime foi duplamente qualificado, pois foi cometido por motivo fútil e impossibilidade de defesa da vítima, que foi pega de surpresa”, ressaltou o delegado.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.