Tocantins

Ponte precária na BR-010 causa outro acidente com morte, mas Dnit não toma providências

Local tem sinalização ineficiente, segundo a PM.

Por Redação 4.599
Comentários (0)

14/01/2023 08h55 - Atualizado há 1 ano
Veículo parou de rodar para o ar

Uma pessoa morreu após uma caminhonete cair de uma ponte com cerca de 6 metros de altura na rodovia federal BR-010, zona rural do município de Barra do Ouro, por volta das 22h da noite desta sexta-feira (13/01).

A vítima fatal é o produtor rural Laury Luiz Camera, de 54 anos. Uma segunda pessoa também estaria na Toyota Hilux, mas conseguiu sair com vida antes da chegada do Corpo de Bombeiros.

O veículo caiu com as rodas para cima e ficou parcialmente submerso no Ribeirão Aldeia. Laury Camera ficou com a região da cabeça dentro da água e não resistiu.

A inclinação do terreno e o horário do acidente dificultaram os trabalhos de resgate. Contudo, os bombeiros conseguiram quebrar as dobradiças da porta do veículo e resgatar o corpo da vítima. A perícia criminal e o IML também estiveram no local.

O local do acidente é conhecido como ponte da Aldeia, no Ribeirão Aldeia Grande, e fica em um pequeno trecho sem pavimentação asfáltica e com sinalização ineficiente. Além disso, a ponte é antiga, muito estreita e não tem proteção nas laterais.

O trecho é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que tem sido omisso e ineficiente.

VEJA TAMBÉM

ACIDENTE COM SEMINARISTA

Em abril de 2022, o seminarista da Igreja Católica Luciano dos Santos Dantas também morreu em um acidente de trânsito na mesma ponte.

A caminhonete do seminarista caiu e ficou submersa com as rodas para cima.Segundo moradores da região, vários acidentes com vítimas fatais já foram registrados no mesmo local, porém, nada foi feito até agora para resolver o problema.

O seminarista Luciano Dantas faria uma celebração religiosa em uma comunidade da região, quando perdeu o controle da direção do veículo ao passar sobre a ponte. Ele seria ordenado padre neste ano de 2023.

Bombeiros resgatando corpo
Bombeiros durante resgate

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.