Araguaína

Presos, integrantes de facção criminosa iniciam motim para não ficarem trancados em celas

O motim começou logo após o banho de sol. Os reeducandos usaram colchões como escudos.

Por Márcia Costa 3.584
Comentários (0)

04/01/2020 09h52 - Atualizado há 4 meses
Presídio Barra da Grota em Araguaína

Agentes penitenciários controlaram um princípio de motim registrado no Presídio Barra da Grota, localizado em Araguaína, na tarde desta sexta-feira (03). Ninguém ficou ferido.

De acordo com informações apuradas pelo AF Notícias, o motim teve início após os detentos do pavilhão C saírem para o banho de sol e se recusarem a retornar às celas para que as portas fossem trancadas.  

Os presos chegaram a usar colchões como escudos contra os agentes. No entanto, os servidores utilizaram armas não letais e controlaram a situação.

O AF Notícias também apurou que o pavilhão C é onde estão cerca de 30 presos que dizem ser integrantes da facção criminosa PCC - Primeiro Comando da Capital.

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) informou que serão abertos Processos Administrativos Disciplinares (PADs) contra os presos para averiguar a participação dos envolvidos.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.