Paraíso

PRF prende vigilantes que faziam escolta armada clandestina na BR-153 no Tocantins

Eles estavam com uma espingarda, dois revólveres e várias munições.

Por Redação 2.512
Comentários (0)

13/04/2019 11h39 - Atualizado há 1 semana
Armas apreendidas

Vigilantes que faziam escolta armada foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-153, na noite desta sexta-feira (12), em Paraíso do Tocantins.

Segundo a PRF, os vigilantes procuraram o posto policial alegando que estavam sendo perseguidos e, durante as averiguações, os agentes desconfiaram que se tratava de escolta clandestina.

Eles estavam com uma espingarda calibre 12, dois revólveres calibre 38, 24 munições calibre 38 e 14 munições calibre 12. A PRF não informou quantos vigilantes foram presos e nem o que eles estavam escoltando.

Conforme a PRF, os vigilantes apresentaram um alvará vencido e uma ordem de serviço com preenchimento manual contendo informações da execução do serviço de forma não autorizada.

Além disso, os vigilantes trabalham para uma empresa com sede na Bahia e só poderiam fazer a escolta armada em outro Estado se o serviço tivesse alcance interestadual com início da execução no Estado de registro da empresa.

No entanto, segundo a PRF, a escolta iniciou no Maranhão e eles não poderiam estar armados, o que configurou crime de porte ilegal de arma de fogo.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.