Investigação

Quadrilha de roubo de cargas no Tocantins, Maranhão e Piauí é desarticulada pela DRR de Araguaína

Bandidos roubaram uma carga de televisores avaliada em R$ 270 mil no Tocantins.

Por Redação 685
Comentários (0)

05/02/2024 14h28 - Atualizado há 4 meses
Investigações foram comandadas pela DRR - Araguaína

Investigações conduzidas pela Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), de Araguaína (TO), resultaram na prisão de três integrantes de uma quadrilha especializada em roubo de cargas nos estados do Piauí, Tocantins e Maranhão. 

Os presos têm 21, 26 e 37 anos. As investigações também tiveram o apoio das policiais civis dos estados do Piauí e do Maranhão.

O delegado Fellipe Crivelaro, responsável pelo caso, afirmou que os suspeitos foram capturados após um intenso serviço de inteligência. “Os membros da organização criminosa foram identificados, capturados e atualmente encontram-se encarcerados nos presídios de Teresina e Floriano (ambos no Piauí) e de São Luís (MA)”, disse.

Relembre o caso

No ano de 2022, a Delegacia de Repressão a Roubos (DRR - Araguaína) concluiu uma investigação sobre um roubo de uma carga de televisores, de 32 polegadas, avaliada em R$ 270 mil, fato ocorrido em Darcinópolis, região norte do Tocantins.

Na data dos fatos, cinco criminosos portando armas de fogo abordaram uma carreta e efetuaram disparos para o alto, obrigando o motorista a parar o veículo às margens da BR-226.

Em seguida, os autores sequestraram o condutor, colocaram capuz em sua cabeça e o levaram para um local ermo. Lá, fizeram a transposição da mercadoria e abandonaram o motorista em outro local deserto.

“Na oportunidade, após intenso trabalho investigativo, conseguimos identificar três dos autores do roubo e representamos, junto ao Poder Judiciário, pela prisão preventiva dos três, pleitos que foram deferidos”, ressaltou o delegado Crivelaro. 

No início do ano de 2024, após o aprofundamento das investigações da DRR, por meio de compartilhamento de informações com policias civis de outras unidades da Federação, os membros da organização criminosa foram todos identificados e presos pelos crimes de roubo majorado em concurso de pessoas e com uso de arma de fogo, além de sequestro e cárcere privado. 

Para o delegado Felipe Crivelaro, as prisões dos três autores e a desarticulação da organização criminosa são um duro golpe na criminalidade. “Trata-se de uma ação extremamente exitosa, onde a Polícia Civil do Tocantins, por meio da Delegacia de Repressão a Roubos de Araguaína, com apoio das PCs de outros estados, conseguiu tirar de circulação elementos de alta periculosidade, que, além do roubo planejado e executado em Darcinópolis, podem ter feito mais vítimas no Tocantins e em outros estados vizinhos”, ressaltou a autoridade policial.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.