Crime em Itacajá (TO)

Quadrilha é condenada a 75 anos de prisão por assalto aos Correios e sequestro de gerente

O gerente foi feito refém na própria casa juntamente com sua família. O crime ocorreu em 2018 em Itacajá.

Por Redação 2.249
Comentários (0)

03/07/2019 09h51 - Atualizado há 6 meses
Wadyson Nascimento é um dos condenados

Quatro acusados de assaltar a agência dos Correios de Itacajá (TO) no início de novembro de 2018 foram condenados a 75 anos de prisão. Durante o roubo, o gerente foi feito refém na própria casa junto com sua família.

A sentença condenatória foi proferida pelo juiz federal Felipe de Oliveira Santos, de Araguaína, e publicada nesta terça-feira (2).

O crime teve a participação de pelo menos sete criminosos. Um deles morreu em confronto com a Polícia Militar. Os quatro condenados já estão presos.

A denúncia do Ministério Público Federal aponta que João Pedro Rodrigues, Werlen Ferreira dos Santos, João Pedro Botelho e Wadybon Nascimento Rocha se uniram inicialmente para roubar a agência.

Para isso, eles aliciaram dois menores de idade e renderam o gerente da agência, Raimundo Soares Sobrinho, na sua própria casa juntamente com a espoa, filhos e uma sobrinha.

No dia do assalto, a quadrilha se dividiu em equipes. João Rodrigues, Werlen Ferreira e João Carvalho se dirigiram para Araguaína com parte da família do gerente e a outra parte do grupo, composta por Wadson e o menor que acabou morto, deslocou-se com o gerente até a sede dos Correios de Itacajá, de onde roubaram R$ 43.295,59.

Após o roubo, os criminosos que estavam na agência fugiram no veículo do gerente, mas abandonaram o carro após se envolverem num acidente.

Os presos

Wadyson foi capturado na região do povoado Cartucho, município de Goiatins. No Setor Morada do Sol, em Araguaína, um veículo foi interceptado com um assaltante e duas mulheres que estariam se preparando para resgatar os criminosos que estavam na caminhonete.

Um criminoso também foi preso no Setor Vila Nova,em Araguaína. Já outro assaltante estava na própria residência no Conjunto Patrocínio, na mesma cidade. 

O suspeito morto em confronto com a PM estava escondido em um matagal no Povoado Cartucho e reagiu com disparos de arma de fogo ao ser localizado. 

As penas

João Pedro Rodrigues - 18 anos e 08 meses

João Pedro Botelho Carvalho – 18 anos e 08 meses

Wadyson Nascimento Rocha - 19 anos

Werlen Ferreira dos Santos - 19 anos e 02 meses

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.