Falsificação

Rede de lojas em Araguaína é alvo de operação por suspeita de vender peças falsificadas

A ação contou com cinco delegados da PCTO, cinco peritos criminais e 30 policiais civis.

Por Redação 4.949
Comentários (0)

25/01/2022 11h53 - Atualizado há 3 meses
Peças foram apreendidas pela polícia

A Polícia Civil do Tocantins cumpriu na manhã desta terça-feira (25) seis mandados de busca e apreensão contra uma rede de lojas suspeita de comercializar peças falsificadas para motocicletas, em Araguaína e região.

Segundo o delegado titular da 3ª Deic de Araguaína, Jodivan Benvides da Silva, que coordenou a operação, os mandados foram expedidos pela Justiça após denúncias por parte de uma fabricante do ramo de motocicletas. A reportagem apurou que o denunciante é a Honda.

Mais de mil peças desse fabricante foram apreendidas pelos agentes nas lojas da rede. A perícia vai indicar se são verdadeiras ou falsificadas. A operação foi batizada de Scylla.

"Há indícios de sonegação fiscal pela rede de lojas. Até agora, estimamos mais de mil peças apreendidas e que estavam disponíveis para vendas no município e região”, ressalta a autoridade policial.

A operação conduzida pela 3ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (DEIC-Araguaína) contou com cinco delegados, cinco peritos criminais e 30 policiais civis.

Também participaram agentes da 2ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (2ª DHPP-Araguaína); 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (2ª DENARC-Araguaína); Delegacia de Repressão a Roubos (DRR-Araguaína); 5ª DEIC de Guaraí; Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE-Palmas); 2º Núcleo Regional de Perícia Criminal (NRPC).

Policiais fazendo busca em loja da rede

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.