Tocantins

Suspeito de executar mulher a tiros em parque de exposições é condenado a 17 anos de prisão

Disputa entre facções pelo domínio do tráfico motivou crime, segundo investigações.

Por Redação 738
Comentários (0)

21/09/2022 06h25 - Atualizado há 1 ano
Cidade de Taguatinga

Welington Rafael Fernandes dos Santos foi condenado a 17 anos e seis meses de prisão por ter assassinado uma mulher em Taguatinga, região sudeste do Tocantins.

A sessão do Tribunal do Júri aconteceu nesta segunda-feira (19). A denúncia foi oferecida pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO).  

Segundo as investigações, o assassinato de Patrícia Cascimira Barreto está relacionado a uma disputa entre facções criminosas rivais pelo domínio do tráfico de drogas.

O crime ocorreu em 7 de novembro de 2020, quando Welington Rafael encurralou a vítima em um cômodo nas dependências da portaria do Parque de Exposição Agropecuário da cidade de Taguatinga e disparou cinco tiros com uma arma de fogo, resultando na morte da mulher.

A acusação no Tribunal do Júri foi feita pelo promotor de Justiça Lissandro Aniello Alves Pedro, que sustentou as teses de homicídio qualificado por motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima, todas acatadas pelo conselho de sentença.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.