Araguanã

Tratorista é morto e gerente de fazenda fica ferido em misterioso crime no norte do Tocantins

Caso ocorreu em Araguanã e é investigado como latrocínio.

Por Redação 5.639
Comentários (0)

26/05/2020 09h30 - Atualizado há 1 mês
Trator

Um tratorista de 34 anos foi morto a tiros na Fazenda São Leopoldo, localizada no município de Araguanã, norte do Tocantins. O gerente da propriedade ficou ferido. O crime ocorreu entre a noite de domingo (24) e a madrugada desta segunda-feira (25). O caso é investigado como latrocínio.

A Polícia Militar disse que foi acionada na manhã de segunda-feira (25) e já encontrou o tratorista morto. O gerente da fazenda tem 42 anos e já havia sido socorrido pelo serviço de saúde local ao Hospital Regional de Araguaína.

Testemunha

A esposa do tratorista relatou à PM que, por volta das 21h30 de domingo, o gerente da fazenda chegou em sua residência chamando o tratorista para lhe ajudar com um problema mecânico em sua carreta na estrada e os dois seguiram para o local.

Já por volta das 23h30, o gerente da fazenda retornou à casa e alegou que o tratorista estava demorando muito para voltar à estrada. Ele permaneceu na residência por algum tempo e saiu à procura do funcionário.

Por volta das 03h30 da madrugada de segunda-feira, o gerente retornou novamente e disse à mulher que três homens armados estavam com o tratorista e que a família deveria se esconder no mato ou em um quarto seguro, pois “eles queriam somente o trator”.

A família do tratorista se escondeu fora da residência após o relato e só retornou para casa ao amanhecer do dia, onde encontrou um outro funcionário da fazenda, que informou sobre a morte do tratorista e o socorro do gerente.

O que diz o funcionário

Segundo a PM, o funcionário da fazenda informou que viu o tratorista caído no chão próximo à estrada quando chegava ao trabalho por volta das 05h00 e seguiu para a sede da fazenda para pedir ajuda. No entanto, ele se deparou com a casa revirada e não encontrou o gerente.

Em seguida, o funcionário decidiu ir para a cidade com o objetivo de pedir ajuda, mas encontrou o gerente caído no chão sem conseguir falar e resolveu pedir ajuda pelo telefone.

Com a chegada da perícia técnica, a PM disse que a equipe policial percebeu quatro visíveis perfurações de arma de fogo no corpo do tratorista, mas não foi possível identificar quais armas foram utilizadas no crime.

Objetos encontrados

Segundo a PM, o trator supostamente objeto do crime estava distante cerca de duzentos metros do corpo da vítima fatal.

Nas proximidades também estavam vários objetos, como par de tênis, pares de botinas, sandálias, uma espingarda de ar comprimido 5.5, vários utensílios da fazenda e também uma pequena vasilha com vinte e sete cartuchos deflagrados calibre .38. Tudo foi reconhecido pelo outro funcionário como pertencente ao gerente da fazenda.

Mais adiante, a aproximadamente duzentos metros e em sentido oposto ao de antes, a PM também localizou uma motocicleta XRE, de cor vermelha, de propriedade do gerente da fazenda.

O corpo do tratorista foi encaminhado ao IML de Araguaína. Os supostos autores não foram localizados. A Polícia Civil investiga o caso.

Itens encontrados na fazenda
Moto XRE

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.