Crime na cadeia

Três presidiários pegam 35 anos por tentativa de homicídio devido a relação amorosa

Eric Patrick Resende foi agredido em janeiro de 2015 dentro da CPP de Paraíso.

Por Redação 716
Comentários (0)

10/12/2018 09h40 - Atualizado há 3 anos
Fórum de Paraíso

Os detentos Donizete de Jesus Lacerda, Wanderson dos Santos Correu e Pablo Henrique Costa de Oliveira foram condenados a 35 anos de prisão por tentativa de homicídio na Casa de Prisão Provisória de Paraíso.

Em janeiro de 2015, os três agrediram gravemente o detento Eric Patrick Resende Muribeca com uma série de chutes e socos, por conta de uma possível relação amorosa entre a vítima e a ex-esposa de Wanderson. Os agentes penitenciários interviram a tempo e Eric foi encaminhado para atendimento médico.

Durante o julgamento, o Conselho de Sentença considerou que a vítima foi abordada mediante recurso que dificultou a defesa, em razão do número de agressores; e que o delito foi cometido por meio cruel, em razão do número de golpes e as lesões provocadas na cabeça da vítima.

Conforme a sentença da última sexta-feira (07), todas as penas devem ser cumpridas em regime fechado.

- Donizete já tem cinco condenações penais por furto e roubo e foi condenado a 12 anos de reclusão.

- Wanderson tem seis condenações penais por delitos de tráfico e furto e foi condenado a 11 anos e seis meses de reclusão.

- Pablo tem três condenações penais por tráfico e homicídio e condenado a 11 anos e seis meses de reclusão.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.