Previsão de nomeação

40 guardas municipais devem reforçar segurança nas ruas de Araguaína até o final de junho

Previsão foi dada pelo prefeito durante entrega de projetos à Câmara.

Por Redação 653
Comentários (0)

11/05/2021 14h32 - Atualizado há 1 mês
Projetos de lei foram entregues à Câmara

A Guarda Municipal de Araguaína está cada vez mais próxima da patrulha nas ruas. Nesta terça-feira (11), o prefeito Wagner Rodrigues entregou aos vereadores os projetos de lei que vão implementar a nova força e dar mais autonomia para a ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito).

A assinatura dos documentos foi realizada durante a inauguração da nova sede da agência. Além de representantes do Legislativo, participaram do evento servidores, secretários municipais e o vice-prefeito, Marcus Marcelo.

“Temos previsão de que, até o final de junho, os 40 guardas já contribuirão para uma cidade mais tranquila. Estamos implantando um trabalho mais orientativo do que punitivo e essa nova sede dará mais conforto ao contribuinte e melhores condições de trabalho aos agentes de trânsito”, afirmou o prefeito.

Os documentos, entregues para discussão e aprovação dos vereadores, são para instituir o Estatuto da Guarda Municipal de Araguaína, recriar o Estatuto dos Agentes de Fiscalização de Transporte e Trânsito e criar o Conselho e Fundo Municipal da Segurança Pública. Os projetos já foram encaminhados às comissões da Câmara e serão enviados também para avaliação da Polícia Federal.

A Guarda Municipal será instalada no prédio do antigo Tiro de Guerra, que foi reconstruído com adequações de acordo com o Exército Brasileiro. Segundo o presidente da ASTT, Rérisson Macêdo, depois desses processos administrativos, a compra dos equipamentos será realizada rapidamente. “Chamaremos os 40 aprovados no curso de formação após a compra dos materiais”, disse.
 
Segurança de todos

Com a criação do Conselho e Fundo Municipal da Segurança Pública será possível incluir a autarquia municipal no Sistema Único de Segurança Pública (Susp), o que facilitará a aquisição de recursos. Além disso, os investimentos passarão por discussões do poder público e da sociedade civil para que as decisões sejam integradas.
 
Também haverá atuação do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) para mapear os dados de crimes, como homicídio, roubo de pedestre, ameaças, lesão corporal, violência contra mulher, criança e adolescente e posse e tráfico de drogas. Cruzando os dados das polícias e da Prefeitura, atribuindo ainda dias e horários comuns, será possível criar manchas de calor para aumentar a eficiência da assistência social e da atividade policial.

A nova sede da ASTT fica localizada na Avenida Castelo Branco, nº 1.601, no Setor Brasil.

(Ascom / Prefeitura de Araguaína)

Nova sede da ASTT fica no Setor Brasil

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.