Tocantins

'Advogados sofrem com falência da segurança', diz ATA ao lamentar morte de Danillo Sandes

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

01/08/2017 17h59 - Atualizado há 1 mês
A Associação Tocantinense dos Advogados (ATA) afirmou que os profissionais da advocacia têm sofrido, no exercício profissional e na convivência social, com a "falência do sistema de segurança pública no Tocantins". A nota, divulgada nesta terça-feira (01), ocorre após o assassinato do advogado Danilo Sandes Pereira, de 30 anos, com dois tiros na nuca, em Araguaína. A ATA manifestou profundas condolências à família, aos amigos de Danilo e classificou o crime como ‘brutal’. “Com o sentimento de consternação, a ATA conclama os advogados tocantinenses, como agentes ativos de transformação, e a sociedade civil organizada para a importante reflexão sobre a grave condição que envolve o aumento exponencial da criminalidade que tem afligido diariamente toda a população, nossos filhos e nossos entes queridos”, disse o presidente Sérgio Menezes Dantas Medeiros. A associação também reafirmou o seu compromisso com a atuação independente e destemida em defesa da advocacia e da cidadania no Estado do Tocantins. Relembre http://afnoticias.com.br/advogado-de-araguaina-desaparece-apos-sair-com-destino-a-filadelfia-oab-se-mobiliza/ http://afnoticias.com.br/pericia-confirma-que-corpo-encontrado-e-do-advogado-danilo-sandes-e-que-foi-executado-com-dois-tiros-na-nuca/

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.