Benefício

Caixa divulga calendário do saque-aniversário do FGTS de 2024; confira as datas e valores

Nascidos em janeiro já podem retirar saque-aniversário do FGTS

Por O Tempo 1.625
Comentários (0)

05/01/2024 10h00 - Atualizado há 3 meses
Caixa liberou calendário para saque-aniversário do FGTS.

A Caixa Econômica Federal disponibilizou, nesta semana, o calendário do saque-aniversário do Fundo de Garantia do Trabalhador Social (FGTS) de 2024. Nascidos em janeiro já podem fazer o resgate desde o dia 2.

A modalidade, em vigor desde 2020, permite que o trabalhador saque, anualmente, parte do saldo das contas ativas e inativas do FGTS no mês em que faz aniversário. Em contrapartida, ele não poderá sacar o valor depositado pela empresa caso seja demitido sem justa causa, tendo acesso apenas à multa rescisória.

A adesão é opcional e pode ser feita através do aplicativo e do site do FGTS, além de agências e internet banking da Caixa. Para quem quiser receber o dinheiro já neste ano, é preciso aderir à modalidade até o último dia do mês em que faz aniversário. Se o prazo for ultrapassado, o trabalhador só receberá a parcela no ano que vem.

Os valores para saque, por outro lado, ficam disponíveis até o último dia do segundo mês subsequente ao do aniversário. Caso não seja retirada, a quantia volta para a conta sem prejuízo ao trabalhador.

Quem não optar pelo saque-aniversário permanece na modalidade padrão: o saque-rescisão. A sistemática dá direito ao saque integral da conta do FGTS - incluindo a multa rescisória - quando o trabalhador é demitido sem justa causa, se aposenta, é acometido por uma doença grave ou deseja comprar um imóvel.

Também é possível voltar à modalidade padrão, caso o trabalhador queira parar de receber o saque-aniversário. Há, no entanto, uma espécie de "quarentena": ao voltar para o saque-rescisão, ele fica dois anos sem poder sacar o saldo da conta do FGTS, mesmo em caso de demissão. Com isso, ele só tem acesso à multa rescisória.

O ministro do Trabalho e Emprego, Luiz Marinho, afirmou que pretende mudar essa regra em 2024. A ideia é permitir o saque total da conta em casos de demissão, quer o trabalhador tenha aderido ao saque-aniversário ou não. O governo, porém, prevê revés no Congresso no momento de tramitação do projeto de lei: a avaliação é de que deputados e senadores resistem a modificar ou abolir uma regra que eles próprios aprovaram. 

VEJA O CALENDÁRIO DO SAQUE-ANIVERSÁRIO DE 2024

  • Nascidos em janeiro - Saques de 2 de janeiro a 29 de março
  • Nascidos em fevereiro - Saques de 1º de fevereiro e 30 de abril
  • Nascidos em março - Saques de 1º de março a 31 de maio
  • Nascidos em abril - Saques de 1º de abril a 28 de junho
  • Nascidos em maio - Saques de 2 de maio a 31 de julho
  • Nascidos em junho - Saques de 3 de junho a 30 de agosto
  • Nascidos em julho - Saques de 1º de julho a 30 de setembro
  • Nascidos em agosto - Saques de 1º de agosto a 31 de outubro
  • Nascidos em setembro - Saques de 2 de setembro a 30 de novembro
  • Nascidos em outubro - Saques de 1º de outubro a 29 de dezembro
  • Nascidos em novembro - Saques de 1º de novembro a 31 de janeiro de 2025
  • Nascidos em dezembro - Saques de 2 de dezembro a 28 de fevereiro de 2025

COMO CALCULAR O VALOR DO SAQUE-ANIVERSÁRIO

A quantia disponível para retirada depende do saldo em cada conta do FGTS. Para valores até R$ 500, o trabalhador pode sacar 50% do total. A partir daí, a porcentagem diminui, mas há uma parcela fixa adicional que aumenta de acordo com o saldo.

  • Até R$ 500 - 50% + R$ 0
  • De R$ 500,01 até R$ 1.000 - 40% + R$ 50
  • De R$ 1.000,01 até R$ 5.000 - 30% + R$ 150
  • De R$ 5.000,01 até R$ 10.000 - 20% + R$ 650
  • De R$ 10.000,01 até R$ 15.000 - 15%+ R$ 1.150
  • De R$ 15.000,01 até R$ 20.000 - 10% + R$ 1.900
  • Acima de R$ 20.000,01 - 5% + R$ 2.900

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.