Araguanã

Cheia do Rio Lontra desabriga quase 50 famílias e deixa 180 estudantes sem aulas

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

05/04/2018 10h59 - Atualizado há 3 anos
Márcia Costa//AF Notícias  A cheia do Rio Lontra afetou 48 famílias na cidade de Araguanã, norte do Estado. Os moradores tiveram que abandonar suas casas e procurar abrigo nas residências de familiares e amigos. Quem não tinha para onde ir, ocupou uma das duas escolas disponibilizadas pela prefeitura. Essa é a maior cheia do Rio Lontra em seis anos. O nível da água do rio subiu cerca de nove metros, uma quantidade superior ao mesmo período do ano passado. Com as salas das escolas ocupadas, as aulas foram suspensas e mais de 180 crianças estão sem estudar. A Secretaria Municipal de Educação acredita que a situação vai durar pelo menos cinco dias até o nível da água baixar. “Se a água não baixar, a prefeitura vai ter que estudar outro local para colocar as famílias”, disse a secretária Jania Maria Borges. Uma das moradores afetadas, Deusita Conceição afirmou que várias pessoas estão precisando de ajuda, como colchões e cobertores. "Araguanã está nesta situação desde o último dia 31 de março, muita gente desabrigada. Está chovendo muito e o rio enche cada vez mais, então mais famílias podem ficar desabrigadas”, disse. Esta é a terceira vez, em quase dois meses, que o problema acontece. Em fevereiro, oito famílias ficaram desabrigadas após uma enchente envolvendo os rios Lontra e o Araguaia.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.