Denúncia

Colinas gasta quase R$ 1 milhão com aluguel de veículos; carro do gabinete custa R$ 7.588,60 por mês

O vereador disse que esse montante poderia ser aplicado em áreas prioritárias.

Por Redação 1.103
Comentários (0)

14/02/2020 10h19 - Atualizado há 5 meses
Vereador critica gasto milionário com aluguel de veículos em Colinas

O custo quase milionário do aluguel de apenas 12 veículos pela prefeitura de Colinas do Tocantins chamou a atenção de vereadores, já que o valor seria suficiente para adquirir o dobro da quantidade de carros locados.

O custo mensal da locação varia de R$ 2.300,00 para veículo tipo hatch; R$ 3.287,00 para sedan e R$ 3.485,50 para pick-up leve.

Já no Gabinete do Prefeito Adriano Rabelo (Republicanos) a caminhonete pick-up que está à sua disposição custa aos cofres municipais o valor de R$ 7.588,60 por mês.

Apenas nos anos de 2018 e 2019, a Prefeitura de Colinas desembolsou o montante de R$ 949.110,71. A empresa contratada é a Locadora de Veículos Araguaia Ltda. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência.

O vereador Leandro Coutinho criticou o custo milionário da locação. “São R$ 949 mil em apenas dois anos. É um absurdo! Esse dinheiro poderia ser investido em outras áreas prioritárias, como saúde, educação, esporte e não para o luxo do prefeito e seu secretariado, que tem carro e combustível à disposição. Enquanto nossa cidade se acaba em buracos, sofrendo com a falta de saúde, lazer, falta de obras, o prefeito gasta quase 1 milhão com locação de veículos em dois anos. É um absurdo”, disparou o vereador.

Coutinho informou que fará uma representação junto ao Ministério Público do Tocantins e Tribunal de Contas do Estado para que investiguem o contrato. 

O QUE DIZ A PREFEITURA

A Prefeitura de Colinas afirmou, em nota, que as acusações são "infundadas" e disse que a frota de veículos atende às demandas essenciais do Município, nas pastas da Saúde, Educação, Assistência Social e no gabinete do gestor. Os valores aplicados nas locações, nos anos de 2018 e 2019, incluem, além de locomoção, a manutenção dos veículos. 

Conforme a prefeitura, para a contração da empresa Locadora de Veículos Araguaia LTDA, foi realizada uma licitação na modalidade pregão. A única empresa que compareceu, à época, foi a mesma e todo o processo foi realizado com ampla divulgação e pesquisa de mercado, atendendo a rigorosos requisitos previstos em lei. Além do Município de Colinas, na ocasião, a empresa possuía contrato de locação de veículos com o Governo do Estado, Sesc, Assembleia Legislativa e outros municípios. 

"O valor cobrado pela empresa está dentro dos praticados no mercado. O município de Taipas, por exemplo, contratou um veículo tipo PICK-UP, em 2019, com valor mensal de R$ 4.500,00. Enquanto, em Colinas, este valor mensal é de R$ 3.485,50, ou seja, mais barato que o preço praticado em outros municípios. Em Tocantínia, o valor mensal para o aluguel de veículos da categoria HATCH, cobrados nas locações, é de R$ 2.500, 00, já e em Colinas é de R$ 2.300,00", compara.

"Portanto, os argumentos do vereador Leandro Coutinho são infundados, sem nenhum embasamento técnico. O vereador utiliza fatos inverídicos com o único objetivo de criar notícias negativas na mídia contra o município de Colinas. Suas ações visam a auto promoção em ano eleitoral. Tais atos não ajudam no crescimento da cidade e nem beneficiam a população colinense, visto que todos os valores estão atualizados e compatíveis com os preços da locação de veículos de outros órgãos do Estado. Além disso, todo o processo licitatório é público e pode ser consultado no sistema SICAP – Licitação Contratos e Obras (LCO), no site do Tribunal de Contas do Estado", finaliza a prefeitura.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.