Mais de R$ 21,2 mil

Com aumento generoso, prefeito de Colinas terá salário maior do que gestores de Araguaína e Gurupi

Por Redação AF
Comentários (0)

13/06/2017 09h29 - Atualizado há 11 meses
AF Notícias //Da Redação O prefeito de Colinas do Tocantins, Adriano Rabelo (PRB), terá um salário muito maior do que o subsídio pago aos gestores das maiores cidades do Estado, a exemplo de Araguaína e Gurupi. No último dia 06 de junho, o presidente da Câmara Municipal, vereador Washington Aires, sancionou a lei complementar que eleva o salário de Adriano Rabelo, dos atuais R$ 16 mil, para mais de R$ 21,2 mil. O aumento será pago com data retroativa a 1º de janeiro de 2017. Colinas do Tocantins tem pouco mais de 34 mil habitantes, a 7ª maior cidade do Estado, segundo estimativa do IBGE 2016. A desproporção salarial para a realidade do Estado fica evidente quando se compara com o salário que é pago aos prefeitos da 2ª e 3ª maiores cidades do Tocantins, Araguaína e Gurupi, respectivamente. Em Araguaína, a capital econômica do Estado e capital do Boi Gordo, o prefeito Ronaldo Dimas (PR) recebe salário bruto de R$ 18 mil – R$ 3,2 mil a menos do que receberá o gestor de Colinas. Por outro lado, a população de Araguaína estimada pelo IBGE é de mais de 173 mil habitantes, cinco vezes maior que a população de Colinas do Tocantins. Em Gurupi, no sul do Tocantins, o prefeito Laurez Moreira (PSB) recebe salário de R$ 15.930,60 – quase R$ 6 mil a menos quando comparado a Colinas. Gurupi tem mais de 84 mil habitantes. Em Palmas, o salário do prefeito é de R$ 24 mil. Enquanto o gestor de Colinas ganhou um aumento salarial de R$ 5,2 mil, os professores da rede municipal de ensino lutam, desde janeiro, para que o Município pague o reajuste do piso nacional, de apenas 7,6%. Veja mais... http://afnoticias.com.br/camara-de-colinas-sanciona-lei-e-prefeito-ganhara-r-212-mil-enquanto-professores-recebem-abaixo-do-piso/  

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.