Reabertura

Comércio de Araguaína se prepara para reabrir as portas após consenso entre Dimas e Aciara

A associação afirmou que os empresários irão cumprir à risca as medidas alternativas.

Por Redação 11.571
Comentários (0)

01/06/2020 08h44 - Atualizado há 1 ano
Comércio de Araguaína sofre com restrições desde o dia 18 de março

O comércio de Araguaína deve reabrir as portas no sistema de revezamento de horários. A decisão de consenso entre empresários e poder público foi tomada durante reunião virtual entre o prefeito Ronaldo Dimas e representantes da Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara), na última sexta-feira (29).

A escala de horários para abertura e fechamento das lojas será definida por ramos de atividades, a fim de evitar aglomeração de pessoas tanto nas ruas quanto no transporte público. As restrições ao funcionamento do comércio na cidade começaram ainda no dia 18 de março. 

“Podemos, desde já, considerar uma vitória para a classe empresarial essa flexibilização que há de ocorrer. Isso já é muito melhor do que ficar sem poder atender clientes durante todo o dia. Além disso, há embasamento técnico para essa escala que será criada”, disse a Aciara.

A entidade reforçou que há responsabilidades para serem cumpridas pelos lojistas, seguindo fielmente o que for estipulado no decreto municipal, que ainda será publicado.

“Todas as empresas precisam seguir as medidas de segurança para prevenir inclusive os empresários e seus funcionários do contágio, com todos mantendo distanciamento e disponibilizando álcool 70° para clientes e colaboradores, bem como exigindo o ingresso no estabelecimento apenas de pessoas utilizando máscaras. Essas medidas são importantes para todos e caberá a cada um dos empresários a fiscalização dentro de seus estabelecimentos para que continuemos abertos”, informou a Aciara.

“Essa conscientização precisa ser levada a sério. Portanto, se seu vizinho tiver dificuldade em cumprir, auxilie, seja colaborativo nesse processo novo. Oriente, ajude a evitar que poucos problemas causem danos à maioria”, orientou a Aciara, destacando que os empresários irão cumprir à risca as medidas alternativas.

Araguaína contabiliza 1.741 casos de covid-19 e 18 óbitos. Ao todo, 824 pacientes estão recuperados da doença. 

No Tocantins são 4.176 casos, destes, com 73 óbitos. Outros 1.334 pacientes estão recuperados e 2.769 ainda em isolamento domiciliar ou hospitalar.

VEJA TAMBÉM

Marcus Marcelo propõe reabertura do comércio com sistema de revezamento em Araguaína

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.