Araguaína

Córrego transborda e deixa moradores totalmente ilhados na zona rural de Araguaína

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

13/02/2018 08h51 - Atualizado há 1 mês
Márcia costa//AF Notícias  Os moradores do Assentamento Gurgueia, na zona rural de Araguaína, estão ilhados há quase 15 dias depois que um córrego da região transbordou e interditou a única rota de acesso ao local. Cerca de 100 pessoas moram no povoado. O único jeito de entrar e sair do assentamento é enfrentando o alagamento, que oferece perigo aos moradores. A situação também prejudicou o transporte escolar e várias crianças estão sem frequentar as aulas. Os moradores gravaram vídeos mostrando a difícil situação enfrentada diariamente e pediram ajuda ao poder público. "Senhor prefeito, vereadores, essa é nossa realidade. Tínhamos uma ponte principal que dava acesso à comunidade e hoje estamos nos deparando com essa situação. Se alguém passar mal aqui não temos como socorrer. Pedimos socorro. Tem mais de cinco anos que esperamos por uma ponte", disse um morador no vídeo. Essa rota atual foi criada pela Prefeitura após a ponte da estrada principal ter sido derrubada para construção de uma nova de concreto. A obra deveria ter sido entregue no final de 2017. A ponte antiga era de madeira, tinha cerca de 40 anos e foi destruída após recomendação do Ministério Público Estadual. O acesso interditado fica numa estrada vicinal que é de responsabilidade do Governo do Estado. A obra da nova ponte está no planejamento do Departamento de Estradas e Rodagens do Tocantins (Dertins) e chegou a ser licitada, mas ainda não foi executada. OUTRO LADO A Prefeitura de Araguaína informou que o acesso ao povoado já conta com uma ponte. "No momento, este acesso está passando por transtornos, com um trecho alagado devido às chuvas intensas que estão caindo na região, com aumento do volume d'água e represamento do Rio Lontra, provocando o transbordamento do Rio Gurgueia", afirmou. A prefeitura afirmou também que uma equipe esteve no local na manhã da última quinta-feira (08) para analisar a situação do acesso. "Assim que o rio baixar, será feito um aumento do aterro no local alagado e implantação de bueiros", garantiu. VEJAM OS VÍDEOS [af_youtube url="https://youtu.be/ZcKHUGmImOY"]VEJAM OS VÍDEOS[/af_youtube] [af_youtube url="https://youtu.be/Ak7W-kha1VI"]

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.