Covid está em queda

Dimas explica flexibilização em Araguaína e alerta: 'não é momento de descuidarmos'

Decreto entrou em vigor nesta quarta-feira (14).

Por Redação 890
Comentários (0)

14/10/2020 17h57 - Atualizado há 2 semanas
Prefeito Ronaldo Dimas

O prefeito Ronaldo Dimas justificou que a decisão de reabrir boates em Araguaína e permitir shows, festas, comícios e as outras atividades presentes no Decreto nº 252 foi tomada após a queda na curva de novos casos da covid-19 durante cinco semanas seguidas e a entrega do Hospital Municipal de Campanha, na Vila Norte.

“Araguaína tem sido pioneira nas ações de combate à pandemia, sendo a primeira cidade do Brasil a tornar obrigatório o uso de máscaras. Com a entrega do Hospital Municipal, que já está operando como Unidade Covid, completamos todo um planejamento executado durante a pandemia e podemos dizer que Araguaína está pronta para essas novas adequações”, explicou o prefeito.

Apesar da flexibilização, no entanto, Dimas alertou que os cuidados contra a doença devem ser mantidos. “Este não é um momento de descuidarmos, pois esta flexibilização só foi possível devido ao trabalho duro realizado até agora e todo o cuidado e higienização para impedir o avanço da pandemia em Araguaína”, alertou.

O decreto que institui o chamado ‘novo normal’ em Araguaína foi publicado no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (14), data em que entrou em vigor.

Eventos

Entre as mudanças estabelecidas com o novo decreto estão a readequação dos horários de funcionamento de bares, restaurantes e lanchonetes, que poderão funcionar de domingo a quinta-feira, das 7 às 24 horas, e sexta-feira, sábado e véspera de feriado, das 7 às 2 horas do dia seguinte.

A mudança também inclui a realização de shows, eventos, apresentações culturais e comícios, que deverão ser licenciados pelo Departamento Municipal de Posturas, ocorrendo apenas em espaços fechados e com controle de acesso, com capacidade máxima determinada pela densidade de uma pessoa a cada dois metros quadrados de área destinada ao público e limite de 300 participantes.

Comércio e igrejas

A partir de agora, os estabelecimentos comerciais e agências bancárias poderão funcionar em horário normal, mantendo as demais regras de controle e distanciamento. As feiras livres também foram incluídas na lista, com distância mínima de 1,5 metro entre estações de trabalho e entre vendedor e cliente.

Já as igrejas e templos religiosos poderão reduzir o distanciamento dos assentos individuais de 2 para 1,5 metro, determinando assim a capacidade máxima de fiéis e fixando-a através de placas em todos os acessos.

Fiscalização

A fiscalização do cumprimento das regras estabelecidas pelo decreto será feita em um trabalho conjunto entre os órgãos municipais e agentes de trânsito, com apoio das forças policiais.

Caso seja identificado algum tipo de infração, o responsável poderá responder por crime contra a ordem e saúde pública, além de receber multa.

Redução de casos

Araguaína registrou mais uma semana de queda nos novos casos da covid-19 e chegou a cinco consecutivas.

O boletim semanal do último dia 8 apontou queda de 72% desde o pico da doença, quando havia 1.219 novos casos da covid-19 em sete dias. De lá para cá, a queda foi consecutiva semanalmente em 1.048, 671, 616, 542. Na última, foram 333 novos casos.

Veja mais

+ Decreto autoriza reabertura de boates e permite shows, festas e comícios em Araguaína

+ Araguaína inaugura hospital e volta ao 'novo normal' com retorno de todas as atividades

Cidade de Araguaína

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.