Igreja católica

Dom Giovane será empossado como primeiro bispo da Diocese de Araguaína no dia 15 de abril

Carreata e ato cívico estão programados para os dias 13 e 14.

Por Joselita Matos | Conteúdo AF Notícias 918
Comentários (0)

29/03/2023 10h01 - Atualizado há 1 ano
Dom Giovane será empossado como primeiro bispo da Diocese de Araguaína.

Já está marcada a data da posse do primeiro bispo da recém-criada Diocese de Araguaína: será no dia 15 de abril. Uma programação festiva será realizada durante três dias na cidade para celebrar a instalação da nova diocese.

A programação inicia-se com uma carreata no dia 13 de abril, às 17h30. A concentração será na Paróquia São Paulo Apóstolo, sob a liderança do novo bispo, e passará por várias ruas e avenidas da cidade. A paróquia fica localizada na Rua 09, nº 132, Setor Dom Orione. 

No dia 14, à noite, está previsto um ato cívico solene no auditório da Faculdade Católica Dom Orione (FACDO) para celebrar a instalação da diocese.

E no dia 15 de abril, às 17 horas, será realizada a missa solene de Instalação Canônica da Diocese de Araguaína e posse do primeiro Bispo Diocesano, Dom Giovane Pereira de Melo. A missa será na Catedral Provisória Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (Matriz São Sebastião). 

DIOCESE DE ARAGUAÍNA

Desmembrada das Dioceses de Tocantinópolis e Miracema do Tocantins, a nova diocese terá uma população estimada de 308.2178 habitantes em um território de 35.826,93 quilômetros quadrados, distribuídos em 19 municípios do meio-norte tocantinense.

A Diocese de Araguaína contará com 22 paróquias, 18 padres diocesanos, 13 padres religiosos, 8 diáconos permanentes, 12 seminaristas e 15 religiosas.

Os municípios que compõem a nova Diocese são: Araguaína, Arapoema, Aragominas Araguanã, Bandeirantes do Tocantins, Barra do Ouro, Babaçulândia, Carmolândia, Campos Lindos, Filadélfia, Goiatins, Muricilândia, Nova Olinda do Tocantins, Palmeirantes, Pau D'arco, Piraquê, Santa Fé do Araguaia, Xambioá e Wanderlândia.

DOM GIOVANE

Dom Giovane Pereira de Melo nasceu em 16 de janeiro de 1959, em Salinas (MG). Estudou Filosofia na Faculdade Católica de Mato Grosso e Teologia no Instituto Teológico, em Campo Grande (MS). 

Dom Giovane é especialista em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Mato Grosso e Mestre em Teologia Pastoral pela Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, de São Paulo (SP).

Ordenado presbítero em 24 de março de 1990, na Diocese de Rondonópolis (MT), foi Coordenador Diocesano de Pastoral e reitor do Seminário Maior Jesus Bom Pastor da Diocese de Rondonópolis, em Várzea Grande (MT), pároco a paróquia Nossa Senhora Aparecida, em Rondonópolis e assessor de diversas pastorais, movimentos, organismos e serviços. 

No Regional Oeste 2 foi representante dos Presbíteros, presidente da OSIB, coordenador do Serviço de Animação Vocacional (SAV) e professor do Studium Eclesiástico Dom Aquino Correa (Sedac).

No dia 4 de março de 2009, ele foi nomeado bispo da Diocese de Tocantinópolis (TO) pelo papa Bento XVI. Ordenado para o episcopado pela imposição das mãos de dom Juventino Kestering, no dia 8 de maio daquele ano, escolheu como lema: “Cuidarei do rebanho de Deus a mim confiado” (Ez 34,11).

Dom Giovane foi bispo referencial das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs), no estado do Tocantins regional Norte 3, e membro da Comissão Episcopal para o Laicato da CNBB, sendo o responsável pelo acompanhamento do Setor CEBs em âmbito nacional. Desde o ano de 2018 é o Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.