Entenda

Entenda o que mudou nas regras para aposentadorias com a reforma da previdência

Por Redação AF
Comentários (0)

26/11/2017 15h50 - Atualizado há 1 semana
Após várias tentativas de acordo com o Parlamento, o governo apresentou, nesta quarta-feira (22) o novo texto sobre as mudanças nas regras para aposentadoria. A proposta inicial enviada ao Congresso já tinha sido alterada pelo relator da matéria na Câmara, deputado Arthur Maia (PPS-BA). Mas com dificuldades de chegar a um consenso, a equipe econômica do governo Federal resolveu mexer em mais alguns itens. Confira abaixo algumas das mudanças estabelecidas no novo texto da reforma da Previdência: Para o coordenador de Previdência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), Rogério Nagamine, as mudanças são necessárias. O especialista destaca, por exemplo, a importância de equiparar os regimes previdenciários dos servidores públicos ao do INSS. “A aposentadoria média no Poder Legislativo em 2016 foi de R$ 28 mil. Já no INSS, o valor foi de R$ 1.200. Então você tem uma diferença de valor de benefício gigantesca”, afirmou. Alguns outros pontos da reforma que geraram polêmica, como a aposentadoria rural e o Benefício de Prestação Continuada (BPC) - recursos para idosos e deficientes em situação de vulnerabilidade social, não sofreram alterações em relação às regras atuais. Para as mudanças passarem a valer, o texto da PEC 287/2017 precisa ser aprovado em dois turnos e por pelo menos 3/5 dos parlamentares de cada Casa do Congresso Nacional. (Conteúdo Agência do Rádio)
ASSUNTOS inss aposentadoria

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.