Saúde pública

Família freta táxi para socorrer criança por falta de ambulância em Aragominas

Por Agnaldo Araujo
Comentários (0)

14/04/2018 08h54 - Atualizado há 1 mês
Márcia Costa//AF Notícias  Uma família de Aragominas teve que fretar um táxi para encaminhar uma criança de 3 anos à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) em Araguaína, no início da noite de quinta-feira (12). Indignada, Joselândia Vieira da Silva, que é madrinha da meninaregistrou o episódio em um vídeo. Segundo os familiares, a criança estava passando mal e com febre. O vídeo foi gravado em frente à Unidade Básica de Saúde de Aragominas, onde não havia médico de plantão. O pai da criança aparece com a menina nos braços entrando no táxi e os familiares aproveitam para criticar a gestão da prefeita Eliete Alves (PP). A criança é Fernanda Santos da Silva. Ela foi internada na Unidade de Pronto Atendimento do setor Araguaína Sul com mais de 40 graus de febre e recebeu alta por volta das 5 horas da madrugada. A lavradora Joselândia Vieira afirmou que havia um veículo da Secretaria Municipal de Saúde de Aragominas, mas seria apenas para atender "casos de muita gravidade". E outro veículo da saúde usado para atender os moradores dos assentamentos não estava à disposição naquele momento. "Ficamos revoltados porque a menina estava doente, passando mal e havia dois carros parados sem poder nos atender. Tivemos que pagar um táxi para nos levar a Araguaína", disse Joselândia. Segundo os moradores, a ambulância do município não está sendo utilizada desde que se envolveu em um acidente de trânsito. "Tem ambulância, mas ela está com defeito. Já acompanhei mulheres grávidas indo para Araguaína de qualquer jeito, sem veículo adequado, por duas vezes. A Prefeita não faz nenhum esforço para resolver essa situação", denunciou Joselândia. O outro Lado A prefeitura de Aragominas alegou que, segundo a avaliação de um profissional da saúde, a criança não apresentava risco de vida, mesmo assim a acompanhante foi orientada a procurar a UPA de Araguaína "A família foi informada que o veículo que realiza transporte de pacientes estava chegando do assentamento, mas os familiares decidiram ir em um táxi", informou.  A prefeitura frisou que não houve descaso no atendimento à criança em nenhum momento. Veja o vídeo [af_youtube url="https://youtu.be/U9zcztfgXZU"]Vídeo não carregou[/af_youtube]

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.