Solidariedade

Famílias carentes realizam sonho da casa própria por meio de projeto social em Babaçulândia

A ação contou com a ajuda de voluntários e doações da comunidade.

Por Márcia Costa 1.164
Comentários (0)

09/04/2020 09h25 - Atualizado há 1 mês
Antes e Depois da construção da casa da Dona Raimunda

O Projeto 'Bom na Escola, Bom de Bola' conseguiu realizar o sonho de duas famílias que moravam em situação precária e necessitavam de uma moradia digna para viver em Babaçulândia, norte do estado.

A construção das casas foi possível graças à solidariedade de moradores que doaram os materiais para construção. Cerca de 240 estudantes de escolas públicas da cidade foram de casa em casa em busca das doações durante a campanha de arrecadação. O projeto é coordenado pelo professor Elzí Alves.

Os serviços foram realizados durante os finais de semana com o trabalho voluntário de pedreiros e ajudantes.

“Por enquanto apenas duas famílias foram beneficiadas, mas no município existem cerca de 30 famílias necessitadas. Foi o primeiro passo e vamos continuar com o projeto. Quero agradecer a todos pelas doações", disse professor Elzí Alves.

As famílias beneficiadas moravam em casas de tábuas e adobe com cobertura de palha em dois setores carentes, bairro de Areia e Borboleta.

A moradora Raimunda Alves Miranda disse que sonhava com uma moradia mais confortável há quase 60 anos e já fez até um culto em agradecimento.

A outra beneficiada, a dona de casa Rozirene Batista, mãe de 4 filhos e grávida de 9 meses, contou que morava em uma casa com muitas goteiras.

"Tinha medo em ter meu bebê com a casa molhando, mas isso não vai acontecer. Minha casa estava muito precária e eu não tinha condições de fazer nada. Esse é o sonho de qualquer dona de casa. Não tenho palavras para expressar minha gratidão. Agradeço a Deus e a todos do projeto. Deus providenciou tudo", agradeceu.

Antes e Depois da construção da casa da Rozirene
Alunos do Projeto
Doação de materiais para construção

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.