Foi secretário por 11 anos

Filho de deputado constituinte, Salomão Barros lança pré-candidatura a prefeito de Tocantinópolis

Ele é filho Alziro Gomes de Souza, que foi prefeito e vice-prefeito nos anos 60.

Por Redação 822
Comentários (0)

27/03/2024 14h39 - Atualizado há 1 mês
Salomão Barros

Notícias do Tocantins – O ex-secretário Salomão Barros, de 61 anos, lançou sua pré-candidatura à Prefeitura de Tocantinópolis, no Bico do Papagaio, pelo Podemos. 

Ele esteve à frente da Secretaria de Agricultura local por 11 anos e também acumulou a chefia de Abastecimento, Obras, Infraestrutura e Transporte durante o período de três anos.

Em sua plataforma, Salomão traz uma agenda progressista com propostas para avanço científico, tecnológico, econômico e comunitário. Seu objetivo, de acordo com suas próprias palavras, é fazer um governo mais humanizado e com proximidade da população, para escutar diretamente os pedidos do povo e prestar satisfação aos votos que receberá.  

“Taxa 0 na conta de água para população de baixa renda, curso profissionalidade para os jovens, menos impostos para empresários que vão gerar emprego e renda na cidade, valorização dos profissionais da educação, turismo para movimentar a economia, saúde com atendimento na cidade, infraestrutura de qualidade e um programa habitacional com responsabilidade e compromisso com o povo”, cita Salomão, dentre as prioridades de seu governo.

Além dos anos a serviço da população de Tocantinópolis, Salomão foi secretário de Administração na Prefeitura de Filadélfia. Nesta mesma cidade, começou sua trajetória política e implantou o Parecer Social, ajudando as pessoas carentes. Logo em seguida, retornou para Tocantinópolis para cuidar de sua família.

Exemplo em casa

Seu pai é o saudoso Alziro Gomes de Souza, que foi prefeito e vice-prefeito de Tocantinópolis nos anos 60 e é reconhecido por fazer uma administração humanizada que marcou a história da cidade. Tão importante que é patrono do prédio da prefeitura, emprestando seu nome para batizar o local. 

Alziro ainda foi deputado estadual pelo antigo Goiás, representando o Bico do Papagaio por duas legislaturas. Também serviu o povo como deputado federal pelo recém-criado Estado do Tocantins e participou, inclusive, da Constituinte de 1988 como presidente da Comissão de Transporte.

Já sua mãe, dona Iolete, foi importante figura feminina na cidade, inspirando muitas mulheres a buscarem o protagonismo de suas vidas. Batalhou junto com o marido durante sua jornada política com ações sociais e será lembrada por suas contribuições como primeira dama e cidadã.

Vida de trabalhador

Aos 18 anos de idade, Salomão saiu da casa dos pais para trabalhar como vendedor de Enciclopédia Barsa. Depois passou pela multinacional Sharp Corporation, vendendo televisores e aparelhos de som. Na sequência, foi funcionário do BEG (Banco do Estado de Goiás). 

Administrou a Transportadora Gregório, já em 1990, na cidade de Filadélfia, e depois foi gerente de uma usina de beneficiamento de gesso em parceria com o irmão Raimundo Simas. A empresa de gesso empregava 40 funcionários e fornecia o material para os estados do Tocantins, Goiás e São Paulo.

Junto com o conhecimento de vida que acumulou desde jovem, ele tem ainda o conhecimento acadêmico em Economia pela Universidade Católica de Goiás (PUC-GO).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.