Chuvas

Governo Federal reconhece situação de emergência em seis municípios do Tocantins em decorrência das chuvas

Por Redação AF
Comentários (0)

15/03/2018 10h44 - Atualizado há 1 mês
Seis municípios tocantinenses tiveram situação de emergência reconhecida pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Governo Federal. A portaria nº 68, de 14 de março de 2018, foi assinada pelo secretário nacional Renato Newton Ramlow e publicada no Diário Oficial da União. Os municípios impactados são Cristalândia, Dueré, Formoso do Araguaia, Lagoa da Confusão, Pium e Santa Rita do Tocantins, todos em decorrência das fortes chuvas que causaram inundações em várias áreas. A situação de emergência já havia sido decretada pelo governador Marcelo Miranda (MDB). A Portaria da Secretaria Nacional apenas ratifica o decreto do gestor. As chuvas foram consideradas acima do normal para a região e resultou em grandes prejuízos econômicos e sociais. O excesso de água afetou a malha viária dos municípios atingidos, tornando alguns trechos intransitáveis, o que dificulta o escoamento da safra. O Decreto do governador nº 5.785 foi publicado no Diário Oficial do Estado, de 26 de fevereiro, baseado em parecer da Superintendência Estadual de Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Tocantins (CBMTO), relatando a ocorrência desse desastre e que apresenta dados que sustentam a providência no sentido de que seja declarada a situação de emergência. As ações que envolvem o decreto estão sob a coordenação da Superintendência Estadual de Defesa Civil, que está autorizada a mobilizar todos os órgãos e entidades da administração direta e indireta do Poder Executivo Estadual que forem necessários para atuação nas ações de resposta ao desastre. Algumas dessas ações são: reabilitação e reconstrução do cenário e também convocar voluntários para reforçar a adoção de providências de resposta ao desastre, objetivando facilitar as ações de assistência à população afetada. De acordo com a Constituição Federal, as autoridades administrativas e os agentes de defesa civil são diretamente responsáveis pelas ações de resposta aos desastres e, em caso de risco iminente, estão autorizados a penetrar nas casas para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação; usar de propriedade particular, no caso de iminente perigo público, assegurada ao proprietário a indenização posterior, se houver dano. Há ainda a determinação de que seja responsabilizado o agente da defesa civil ou a autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações, relacionadas com a segurança global da população. PORTARIA NACIONAL O SECRETÁRIO NACIONAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL, no uso da competência que lhe foi delegada pela Portaria Ministerial nº 1.763-A, de 07 de novembro de 2008, publicada no Diário Oficial da União, Seção 2, de 23 de dezembro de 2008. Considerando o Decreto nº 5.785, de 26 de fevereiro de 2018, do Governo do Estado do Tocantins/TO, considerando ainda as demais informações constantes no processo nº 59051.005194/2018-14, resolve: Art. 1º Reconhecer, em decorrência de Inundações, COBRADE: 1.2.1.0.0 a situação de emergência nos municípios listados na tabela. N° MUNICÍPIOS 1 - Cristalândia 2 - Dueré 3 - Formoso do Araguaia 4 - Lagoa da Confusão 5 - Pium 6 - Santa Rita do Tocantins Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data de sua publicação. RENATO NEWTON RAMLOW

Comentários (0)

Mais Notícias

Outros 9 convocados

Amastha é convocado para depor dia 30 na CPI que investiga rombo no PreviPalmas

Os depoimentos estão marcados para os dias 30 deste mês e 6 de novembro.

Tocantins

MPE pede afastamento de prefeito por farra de contratações e gastos excessivos

O MPE requer ainda que seja determinada a redução de 20% nos gastos em 30 dias.

ASTT

Mais de 220 veículos apreendidos em Araguaína serão leiloados em novembro

Segundo o edital, todos os veículos estão na modalidade circulação e foram recolhidos durante operações de fiscalização.

Protesto

Moradores plantam pés de banana no meio de rua esburacada no norte do Estado

Moradores também reclamaram do atraso nas obras de pavimentação.

Trânsito

Acidente em rotatória mata jovem e deixa outro gravemente ferido em Palmas

Moradores reclamam que não há iluminação e a sinalização é precária na rotatória.

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.