Pedra da morte

Governo vai demolir pedra que já fez muitas vítimas fatais em curva perigosa na TO-222

O tratorista Elves Alves da Silva, 36 anos, morreu em um acidente no local.

Por Márcia Costa/Conteúdo AF Notícias 4.226
Comentários (0)

24/11/2021 15h42 - Atualizado há 1 semana
Curva da morte na TO-222

Uma grande pedra que fica às margens da rodovia TO-222, no trecho entre Aragominas e Araguaína, já contribuiu para vários acidentes de trânsito com vítimas fatais durante os últimos anos.

A pedra fica perto de um local conhecido como britador, no km 137, onde a rodovia faz curvas em formato de S, apelidadas de ‘Curva da Morte’, ‘Curva do S’ e ‘Curva do britador’. Por ser um local perigoso, muitos condutores de veículos já perderam o controle da direção e acabaram colidindo na pedra.

O último acidente com vítima fatal foi registrado na noite desse domingo (22/11). O tratorista Elves Alves da Silva, 36 anos, morreu depois que o carro em que ele estava saiu da pista e bateu na pedra.

Após esse novo episódio trágico, o prefeito de Muricilândia, Alessandro Borges (PL), levou o problema ao novo presidente da Agência Tocantinense de Obras (Ageto) e obteve a garantia de que a pedra será demolida.

“O serviço já foi determinado para a retirada da pedra. Essa pedra já tirou muitas vidas e deixou pessoas até paraplégicas", disse o prefeito que, durante a reunião, também firmou um termo de parceira com a Ageto para obras de pavimentação asfáltica na cidade de Muricilândia.

O novo presidente da Ageto, Márcio Pinheiro, afirmou que essa demanda existe há mais de 6 anos e agora será atendida. "Há anos o prefeito fala dessa situação e vamos determinar aos servidores da Ageto para que a gente possa dar andamento a esse serviço. Quanto à parceria com Muricilândia, é uma ordem do governador Wanderlei Barbosa para que a agência atenda todos os municípios da melhor forma possível”.

VEJA O VÍDEO

Vídeo

 

Pedra fica escondida na curva da rodovia

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2021 AF Notícias. Todos os direitos reservados.