Norte do Estado

Greve da educação entra no 6º dia, mas prefeita ignora professores em Riachinho

Os profissionais estão em greve desde a última terça-feira (9).

Por Márcia Costa 902
Comentários (0)

15/04/2019 15h56 - Atualizado há 3 meses
Protesto nas ruas de Riachinho, norte do Estado.

Profissionais da educação juntamente com pais de estudantes fizeram uma manifestação pelas ruas da cidade de Riachinho, norte do Tocantins, na manhã desta segunda-feira (15). Os manifestantes expuseram cartazes e faixas criticando a desvalorização da categoria e finalizaram o ato em frente à prefeitura. 

Os profissionais estão em greve desde a última terça-feira (9) e até agora a prefeita Diva Ribeiro de Melo não recebeu a categoria para negociar. 

"A única proposta da prefeita foi antes da greve. Ela propôs 5,75% de reajuste salarial, o que é terrível e não aceitamos. A gestora, mesmo com a manifestação, não deu nenhuma satisfação, nenhuma proposta", disse a professora Darcivanda Demellas.

Segundo os professores, a prefeita vem cortando vários benefícios desde 2017, a exemplo da correção salarial da data-base e o plano de carreira, sob a alegação de que esses benefícios foram concedidos de forma ilegal nas gestões anteriores. 

 

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2019 AF Notícias. Todos os direitos reservados.