Polêmica

Grupo de candidatos defende realização de teste físico do concurso da Guarda de Araguaína

Por enquanto, não há nenhuma alteração no cronograma do teste de aptidão física (TAF).

Por AF Notícias 914
Comentários (0)

29/06/2020 15h39 - Atualizado há 1 mês
Concurso da Guarda Municipal de Araguaína

A polêmica sobre a realização do teste de aptidão física (TAF) do concurso público da Guarda Municipal de Araguaína em plena pandemia de coronavírus dividiu opiniões entre os 240 candidatos convocados para essa nova fase do certame.

A prova física está prevista para os dias 4 e 5 de julho. O concurso oferta 40 vagas imediatas e 200 para formação de cadastro reserva.

Alguns candidatos reclamam do uso obrigatório de máscara durante a realização dos testes físicos e argumentam que a preparação para o TAF ficou comprometida em razão das medidas de isolamento social decretadas pela prefeitura, como o fechamento de academias e espaços públicos destinados à prática de atividades físicas.

Porém, essa opinião não é unânime entre os candidatos. Após a publicação da reportagem, vários candidatos entraram em contato com o AF Notícias e saíram em defesa da realização do teste físico.

“É injustificável esse sentimento de que não houve tempo para se preparar para o TAF, haja vista que no edital de lançamento do concurso já previa o teste físico como parte integrante do certame. Sendo assim, todos os candidatos tiveram o mesmo tempo para treinar. [Esse argumento] nem de longe tem fundamento e nunca representou o sentimento da maioria”, afirmam os candidatos Samuel Martins, Getúlio Lopes e Amanda Gonçalves.

No mesmo sentido, os candidatos Hewerty Max Silva Mariano e Gylmar Araújo Silva Neto ressaltam ainda que o resultado da prova objetiva foi divulgado há meses e, portanto, houve tempo suficiente para preparação física.

"Sabe-se também que o TAF – teste de aptidão física -, é indispensável para o andamento do certame. Por conseguinte, o candidato aprovado deveria ter se preparado da mesma forma que se preparou para a prova objetiva – com antecedência.  Pandemias alguma será desculpa para uma eventual falta de preparo físico, pois as atividades podem ser realizadas em casa, devidamente isolado", argumentam.

PLANEJAMENTO

Gabriel Batista, outro candidato convocado para o TAF, disse que um eventual cancelamento do teste prejudicará dezenas de candidatos que moram em outras cidades e já estão com passagens compradas e hotel reservado. 

"Cerca de 90% dos candidatos está de acordo com as datas e a forma como o TAF será realizado. Além disso, todos já gastaram com consultas para adquirir o atestado médico necessário. Também estão sendo tomadas as medidas cabíveis de proteção e segurança sanitária", explicou Batista.

Por enquanto, não há nenhuma alteração no cronograma do teste de aptidão física (TAF).

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.