UFT

HDT inicia obra de bloco administrativo com investimento de R$ 1,1 milhão em Araguaína

Irá possibilitar a ampliação de até 15 consultórios médicos.

Por Redação 567
Comentários (0)

29/04/2020 10h25 - Atualizado há 3 meses
Bloco administrativo do HDT em Araguaína

O Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT) dará início à construção de novo bloco que contemplará todo o departamento administrativo. A obra começa na segunda-feira (04 de maio) e contará com o investimento de R$ 1.153,500, oriundo do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf).

O superintendente José Pereira Guimarães Neto explica que o viés da obra veio da necessidade de desocupar o hospital das atividades administrativas e afins para atender as demandas de ensino e pesquisa; e lembra que a concretização desta nova etapa é resultado da visita do presidente da Ebserh, Oswaldo Ferreira ocorrida em setembro.

“Apresentamos a proposta de atender as reivindicações de mais espaço para os alunos e professores do hospital universitário realizarem suas atividades, e ficamos muito satisfeitos pela liberação dos recursos para execução do projeto”.

O gerente de Ensino e Pesquisa, Antônio Oliveira dos Santos Júnior, complementa que a liberação do espaço irá possibilitar a ampliação de até 15 consultórios médicos, que serão utilizados nas aulas práticas e estágios dos alunos de graduação em medicina a partir de 2021.

Com relação a obra, de acordo com o chefe do Setor de Infraestrutura Física, Ygor Freitas de Almeida, serão construídas 751 m² de área, com salas que permitirão a realocação da equipe administrativa, e a previsão de entrega do novo bloco é de um ano.

Sobre a Rede Ebserh

O HDT-UFT faz parte da Rede Ebserh desde fevereiro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede de Hospitais Universitários Federais atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.