Governo não paga

Hospitais particulares de Araguaína aderem à nova paralisação do atendimento ao Plansaúde

Por Mara Santos
Comentários (0)

09/03/2016 13h24 - Atualizado há 6 dias
Da Redação //AF Notícias Os usuários do Plansaúde voltaram a ter o atendimento negado nos hospitais conveniados do Estado. A justificativa para a suspensão é que o Estado não teria cumprido, no prazo estipulado, o acordo firmado junto aos prestadores de serviço, no último dia 29 de fevereiro. No acordo, o pagamento dos 30% referentes a dezembro aos prestadores pessoa jurídica seria efetuado até 4 de março. O prazo se esgotou e o pagamento não teria sido efetuado, razão pela qual o Sindicato de Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Tocantins (Sindessto) informou que os atendimentos permanecerão suspensos até a normalização dos pagamentos. Em Araguaína, os dois principais hospitais aderiram à paralisação - Dom Orione e São Lucas. Em nota, o Hospital e Maternidade Dom Orione informou que o restabelecimento do atendimento será imediato "após o pagamento integral da dívida". "O atendimento aos usuários do Plansaúde continua suspenso devido à falta de pagamento da referência 11/2015 e parte da 12/2015", informou. O acordo prevê ainda que até o próximo dia 20 devem ser pagos os valores referentes a janeiro, sendo o pagamento integral aos prestadores pessoa física e os 70% restantes de dezembro à pessoa jurídica, ficando pendente o mês de novembro. Em 15 de abril deve ser a vez do pagamento referente a fevereiro à pessoa física e a novembro do ano passado à pessoa jurídica, finalizando os débitos de 2015, dando início às negociações para os pagamentos de janeiro e fevereiro deste ano à pessoa jurídica. O outro lado Em nota, a Secretaria da Administração disse que fez o repasse ao Funsaúde de 30% do valor devido da referência 12/2015, conforme acordado em reunião com o Sindessto no dia 29 de fevereiro. "Com o dinheiro já depositado no Funsaúde é que serão feitos os devidos pagamentos", informou. Conforme a Secad, "não há justificativa para nova paralisação dos serviços", pois houve entendimento entre as partes.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Nas Redes
Nosso Whatsapp
063 9 9242-8694
Nosso Email
redacao@arnaldofilho.com.br
Copyright © 2011 - 2018 AF Notícias. Todos os direitos reservados.