Saúde

Hospital de Doenças Tropicais realiza cirurgia ginecológica pela 1ª vez, em Araguaína

Novo serviço passa a ser ofertado aos usuários do SUS.

Por Redação 780
Comentários (0)

16/11/2021 09h45 - Atualizado há 8 meses
A cirurgia aconteceu no dia 08 de novembro de 2021

A primeira cirurgia ginecológica realizada no Hospital de Doenças Tropicais da Universidade Federal do Tocantins (HDT-UFT/Ebserh) marca a abertura do novo serviço. O Centro Cirúrgico passou por reforma e ampliação, e aos poucos vai integrando novos atendimentos para os usuários.

O procedimento executado pela médica ginecologista, Zoraide Andrade da Cruz no dia 08 de novembro tratou-se de uma exerese de lesão polipóide vaginal e exerese de lesão condilomatosa vulvar. “O procedimento foi indicado após a confirmação anatomopatológia de lesões vulvovaginais para uma melhor programação da terapêutica. E, no caso da referida paciente, o procedimento foi curativo”, comemorou a médica.

"É com muita alegria que realizamos esse procedimento ginecológico em nosso centro cirúrgico. E que apesar de ser um procedimento de pequeno porte, aumenta nossa expectativa de progredir e evoluir, ainda mais nesse setor, afim de melhorar a assistência ás nossas pacientes e ofertar um melhor campo de aprendizagem para os alunos do curso de Medicina da UFT", finaliza a médica.

Para Marcos Antônio Silva Batista, chefe substituto do Setor de Cuidados Especializados, o acesso ao tratamento cirúrgico ginecológico é mais um esforço para se traduzir, na prática, as grandes diretrizes do SUS construídas ao longo de muitos anos. E, neste caso, possibilitando o cuidado e a intervenção em muitos problemas que afetam a saúde da mulher e servindo de campo moderno e dinâmico para ensino, pesquisa e extensão.

Como acessar o novo serviço

 A médica informou que o fluxo de atendimento ocorre a partir da procura pelo serviço de atenção primária nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Após avaliação pelo médico responsável, a paciente será encaminhada para acompanhamento especializado, se necessário. Em seguida, por meio do Sistema de Regulação (SISREG) a usuária é direcionada ao serviço de referência.

"Anteriormente a paciente procurava a atenção primária, porém seu encaminhamento era feito pela regulação do HDT-UFT (no caso de pacientes de referência do serviço). Porém, não realizávamos procedimentos cirúrgicos, estes casos eram direcionados para outros serviços”.

Sobre a Rede Ebserh

O HDT-UFT faz parte da Rede Ebserh desde fevereiro de 2015. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede de Hospitais Universitários Federais atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2022 AF Notícias. Todos os direitos reservados.