Luto

Morre o escritor e professor Ângelo Bruno, membro fundador da Academia de Letras de Araguaína

Ao longo de sua vida publicou mais de uma dezena de livros.

Por Conteúdo AF Notícias 1.577
Comentários (0)

12/11/2023 10h39 - Atualizado há 5 meses
Professor Angelo Bruno tinha 87 anos

O escritor, poeta e renomado professor Ângelo Bruno faleceu na noite deste sábado (11), aos 87 anos de idade. Ele era membro fundador da Acalanto - Academia de Letras de Araguaína e Norte do Tocantins, onde ocupava a cadeira de número 3, cujo patrono é o sacerdote Padre Josimo Tavares.

O professor estava em Goiânia (GO), onde morava atualmente, e faleceu por causas naturais. O corpo dele será velado na Funerária Pax Social, em Araguaína, e sepultado nesta segunda-feira (13).

Angelo Bruno era casado com a também professora Alaiz Martins Bruno há 50 anos, e pai de Aloisio Orione, Angelo Junior, Alysson e Alessandro, sendo avô de oito netos.

Ele nasceu em Fossano, na Itália, no dia 02 de janeiro de 1936, e chegou ao Brasil em 1956 como religioso, na época com 20 anos de idade. Estudou Matemática na Universidade Federal de Goiás (UFG) e morou em Araguaína durante muitos anos.

O poeta trabalhou durante 40 anos na área educacional, aposentou-se e continuou se dedicando aos livros. Também participava ativamente das atividades da igreja e realizando trabalhos sociais.

Publicou mais de uma dezena de livros, dentre os quais se destacam Cantando a Vida (Litteris Editora-2001); Duas Pátrias e um só Coração - Kelps, 2009, entre outros. Ele escrevia predominantemente sobre Fé, Família e Natureza, suas três paixões na vida.

Amante da literatura, Angelo Bruno sonhava com um mundo melhor para as novas gerações e fez sua parte disseminando uma cultura de paz. Ele acreditava que o bem sempre vencerá o mal.

NOTA DE PESAR

"Recebemos, com imenso pesar, a notícia da morte do escritor Ângelo Bruno, membro fundador da Academia de Letras de Araguaína e Norte do Tocantins (Acalanto), ocorrida na noite do último sábado, dia 11, em Goiânia, onde residia.

Ângelo Bruno nasceu em Fossano, na Itália, em 1936. Veio para o Brasil em 1956 e dois anos depois para Araguaína, onde viveu por 53 anos. 

Formado em Matemática pela UFG e ocupava a cadeira número 3 da Acalanto, cujo Patrono é o padre Josimo Morais Tavares. Era casado, deixa quatro filhos e oito netos.

Professor Ângelo contribuiu com a Educação araguainense por décadas, lecionando em diversas instituições: Colégio Estadual Polivalente Castelo Branco; Colégio Santa Cruz; Colégio Pré-universitário e Colégio Estadual de Araguaína (João Alves Batista).

Além de “Senhor, eis-me aqui!”, Ângelo Bruno publicou também os livros “Raios de Luz” (1995); “Poemas aos Jovens com Carinho (1997); “Cantando a Vida (2001); “Tim-Tim” (2004); Duas Pátrias e um Só Coração” (2010);  e “Evangelho da Família” (2016).

O velório está previsto para ser realizado a partir da meia-noite de domingo para segunda, na Pax Social, e o sepultamento será às 9 horas de segunda-feira, no Cemitério São Lázaro.

Manifestamos nossos sentimentos a todos os familiares e amigos, rogando a Deus que, na sua infinita bondade, lhes conceda o conforto e a força neste momento de dor.

Wagner Rodrigues
Prefeito de Araguaína"

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.