Saneamento básico

Na 16ª maior cidade do Tocantins, 70% da população já possui acesso ao esgotamento sanitário

Cidade conta com uma moderna estação de tratamento de esgoto.

Por Redação 2.445
Comentários (0)

02/02/2024 09h02 - Atualizado há 2 meses
Estação de tratamento de esgoto.

Com uma população de 14.011 habitantes, Taguatinga é o 16º município mais populoso do Tocantins. De acordo com o Censo do IBGE de 2022, nos últimos cinco anos, o município recebeu investimentos que permitiram a ampliação em 70,61% de cobertura em esgotamento sanitário, sendo que 100% do esgoto coletado é tratado.

A BRK, empresa que atua na cidade com os serviços de água e esgoto, realizou diversas obras em 2023 que possibilitaram ainda o aprimoramento e ampliação dos serviços saneamento em Taguatinga.

No município, a população conta com uma moderna Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) composta por tratamento preliminar seguido de tratamento biológico, formado por Reator Anaeróbico de Fluxo Ascendente (RAFA ou “UASB”) e Lodos Ativados. Este último, é um processo aeróbico constituído por um Tanque de Aeração seguido por um Decantador que agrega maior eficiência ao tratamento, permitindo total clarificação do efluente tratado. O sistema existente tem capacidade de tratamento de 20 litros por segundo, vazão para atendimento a meta de universalização da cobertura de esgoto em Taguatinga.

Em um panorama nacional, os dados do Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (SNIS) apontam que o país ainda tem grandes dificuldades para destinar seus esgotos domésticos, indicando que no Brasil apenas 56% da população possui acesso a coleta do esgoto, e apenas 81,6% dele é tratado. Na região Norte do país, 14,7% dos domicílios têm acesso a coleta de esgoto, com tratamento próximo aos níveis federais (82,9%).

Este mesmo diagnostico divulgado pelo SNIS já destaca de forma positiva o município de Taguatinga, que além de tratar 100% de todo o esgoto coletado, possuiu índice de atendimento total de esgoto em 70,6%. De todos os 5.568 municípios existentes no Brasil, somente 23% possuem índices de atendimento com esgoto superiores a 70%, sendo que na região Norte, apenas 8 municípios ultrapassaram este índice em 2022.

O objetivo da companhia é intensificar as ações junto à comunidade de modo a conscientizar sobre a importância do saneamento para a saúde da população, para a preservação do meio ambiente e para o desenvolvimento do munícipio. 

Embora o serviço esteja disponível desde o ano de 2021, muitos imóveis ainda não estão interligados ao sistema. Essa ligação é a responsável por conectar as tubulações de pias, tanques, vasos sanitários e ralos internos à rede pública de esgoto instalada pela concessionária. Assim, o esgoto não corre a céu aberto e pode ter o destino correto: as estações de tratamento de esgoto, afirmou a coordenadora de operações da BRK, Thais Fonseca.

Educação ambiental

A companhia fomentou, em parceria com as secretarias municipais, diversas iniciativas que contribuíram para o desenvolvimento social e econômico e preservação do meio ambiente, por meio de programas socioambientais direcionados e alinhados aos objetivos de desenvolvimento sustentáveis no Brasil. Entre as atividades realizadas estiveram a caravana da água e concurso cultural de desenho, palestras educativas, atividades recreativas sobre educação ambiental e o programa Portas Abertas, voltado às instituições de ensino, associações de moradores e aos mais diversos representantes da comunidade.

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.