Denúncia

Namorada do ex-vereador Iratã Abreu acusa empresário de importunação sexual em Palmas

Acusado tem 36 anos e é ex-presidente do Ruraltins.

Por Redação 2.478
Comentários (0)

27/03/2023 07h58 - Atualizado há 1 ano
Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o tumulto.

Um caso de importunação sexual está tendo grande repercussão em Palmas. O crime teria acontecido no dia 18 de março em um dos bares mais badalados da Capital tocantinense.

O caso já foi registrado na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam). A vítima é uma jovem de 24 anos, identificada como Victória. Já o acusado é o empresário Fabiano Miranda, ex-presidente do Ruraltins. Ele teria apalpado as nádegas da jovem.

Segundo informações de testemunhas, Fabiano Miranda, que tem 36 anos e é casado, estava visivelmente embriagado. Na ocasião, o namorado da jovem, o ex-vereador e empresário Iratã Abreu foi tomar satisfação com o acusado, o que gerou uma confusão generalizada no local. Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o tumulto.

Por meio de nota, Iratã Abreu disse que agiu "exclusivamente, em defesa da integridade física e da dignidade" de Victória. Segundo ele, o empresário importunou a sua companheira na frente de diversas testemunhas.

O caso também está sendo acompanhado pelo Escritório Stella Bueno Advocacia para Mulheres, que já teve acesso às imagens das câmeras de monitoramento e disse que as gravações comprovam o crime. “Agora estamos aguardando o fim da oitiva das testemunhas e o indiciamento do investigado”, disse por meio de nota.

A advogada Stella Bueno afirma que a importunação sexual é um crime grave, cuja pena é de 2 a 8 anos de reclusão. “Com as provas que temos e o relato das testemunhas, acreditamos no indiciamento e condenação do investigado”, finalizou.

Nota - Escritório Stella Bueno Advocacia para Mulheres

"O Escritório Stella Bueno Advocacia para Mulheres, que representa V.R.R., vítima do crime de importunação sexual no último sábado, dia 18/03/23, no Restaurante Mercatto, informa que o Boletim de Ocorrência foi devidamente registrado junto à 1ª DEAM de Palmas, na terça-feira dia 21/03/2023 e que o inquérito policial já está bem adiantado: 

Já tivemos acesso às imagens do sistema de monitoramento do estabelecimento e o vídeo registra claramente a importunação sexual à minha cliente. Agora estamos aguardando o fim da oitiva das testemunhas e o indiciamento do investigado.

A importunação sexual é um crime grave, cuja pena é de 2 a 8 anos de reclusão, então com as provas que temos e o relato das testemunhas, acreditamos no indiciamento e condenação do investigado”"

Nota - Iratã Abreu

"A respeito dos vídeos que circulam nas redes sociais desde o último sábado, 18 de março, venho a público esclarecer que meu envolvimento se deu, exclusivamente, em defesa da integridade física e da dignidade da minha companheira, Victória, que foi vítima de importunação sexual no restaurante Mercatto.

O agressor é membro de uma das famílias mais conhecidas do Tocantins, mas ainda assim, lamentavelmente, importunou minha namorada, violando sua honra e intimidade, na frente de inúmeras testemunhas sem qualquer pudor.

O caso já foi registrado perante às autoridades e todas as providências jurídicas cabíveis para que o agressor responda criminalmente por seus atos ilícitos já estão sendo tomadas. Na oportunidade, agradeço a todos que se solidarizaram com a Victória e que, assim como eu, estão indignados com o fato."

Empresário Fabiano Miranda é acusado de importunação sexual

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.