Saúde

Pacientes do Hospital Regional de Araguaína precisam comprar seringas para receber medicação

A família do paciente precisou comprar também um ventilador.

Por Redação 1.158
Comentários (0)

21/02/2020 15h25 - Atualizado há 1 mês
Faltam materiais básicos no HRA

Acompanhantes de pacientes do Hospital Regional de Araguaína (HRA) denunciaram, nesta sexta-feira (21), a falta de materiais básicos como seringas na unidade hospitalar que é a maior da rede pública no norte do estado.

O filho de um paciente que está internado no hospital há 10 dias, após sofrer um traumatismo craniano, precisou ir uma farmácia comprar as seringas logo de manhã para que os medicamentos fossem injetados no seu pai.

"As enfermeiras não pediram para comprar, só disseram que não tinha mais seringas. Por isso estava reutilizando a mesma seringa desde ontem no meu pai. Então o que fazer numa situação dessas? Perguntei se podia e fui lá comprar", relatou o filho do paciente, acrescentando que estaria faltando seringas até mesmo na emergência. Ele comprou duas caixas com 50 unidades cada.

Além da falta de materiais básicos, o ar condicionado do quarto do paciente parou de funcionar e a família precisou comprar também um ventilador.  

O QUE DIZ A SAÚDE

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) respondeu, em nota, que está realizando o abastecimento do Hospital Regional de Araguaína (HRA) de forma regular. “Ontem (20) e hoje (21) estão sendo encaminhados remessas de medicamentos e insumos, incluindo seringas de diversos tamanhos”, disse.

Quanto à reutilização da seringa no paciente, a Secretaria da Saúde disse que a Unidade preza por todas as normas de segurança do paciente e higiene, com atuação controlada e acompanhada pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH). 

Filho precisou comprar seringas para medicação do pai que está internado

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2020 AF Notícias. Todos os direitos reservados.