Praia Limpa, Praia Viva

Praias do Coco, Escapole e Garimpinho recebem ações de limpeza, conscientização e fiscalização

A campanha tem sido bem sucedida com a redução gradual do lixo retirado das praias

Por Redação
Comentários (0)

25/07/2023 11h17 - Atualizado há 10 meses
Campanha acontece todos os anos

De julho a setembro de 2023, a Associação Comercial e Industrial de Araguaína (Aciara) e parceiros realizam a 12ª edição da campanha Praia Limpa, Praia Viva!, nos municípios de Araguaína, Babaçulândia e Araguanã, por meio de ações educativas e de conscientização sobre a preservação ambiental.

A entidade firmou parcerias com as Secretarias Municipais de Turismo e Educação, Naturatins e o Corpo de Bombeiros. O projeto desenvolve ações educativas e de conscientização sobre a preservação ambiental, descarte regular de lixo, combate à caça e a pesca predatória nos rios Araguaia e Tocantins.

Na Praia do Coco, em Babaçulândia, o trabalho de educação ambiental e fiscalização é realizado junto a barqueiros, barraqueiros, comerciantes e visitantes, especialmente nos fins de semana, quando aumenta o número de banhistas.

Em Garimpinho, a Prefeitura de Araguaína intensificou o trabalho de limpeza na praia e no povoado. Em agosto, será dado início às atividades ambientais nas escolas do povoado, com foco na reciclagem do lixo encontrado nas praias.

Em setembro, quando o nível do rio começar a subir com a chegada das primeiras chuvas, será dado início a última etapa do projeto com a coleta do lixo. A Praia do Escapole receberá a ação de limpeza, assim como as outras praias envolvidas com o projeto.

Projeto  

A campanha ‘Praia Limpa, Praia Viva’ nasceu com objetivo de reduzir o lixo deixado pelos visitantes nas praias, por meio da conscientização de turistas e moradores, e assim evitar o descarte irregular de materiais nas praias. Ao longo desses 12 anos, o projeto cresceu e ampliou suas metas. Por meio da campanha, foram realizadas capacitações da mão de obra, que trabalha nas praias, além do envolvimento de moradores como agentes de conscientização ambiental e o combate à pesca ilegal e à caça predatória.  

A campanha tem sido bem sucedida com a redução gradual do lixo retirado das praias. Em 2017, foram mais de três toneladas recolhidas e em 2019, esse número caiu para uma tonelada de lixo. Nos dois anos seguintes, com a pandemia, a campanha foi realizada apenas nas redes sociais da entidade. Em 2022, a campanha foi retomada e o lixo retirado foi abaixo de uma tonelada.

“A mensagem que a gente quer deixar com a campanha é que todas as pessoas devem ser responsáveis pelo seu lixo. O plástico, a garrafa de cerveja, aquele pet, o resto de comida. Quem tem responsabilidade de trazê-lo de volta para dar uma destinação a esse lixo, nem que seja para colocar nas lixeiras instaladas pelo poder público, é quem utilizou desse material. Também queremos pedir aos pais que incentivem seus filhos a cuidar do meio ambiente, a admirar a nossa flora e fauna e se conscientizarem ainda pequenos sobre os prejuízos causados pela pesca e caça predatória”, destacou Juliane.  

Fotos da reunião ACIARA e parceiros e da ação na Praia do Coco em Babaçulândia

Comentários (0)

Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

(63) 3415-2769
Copyright © 2011 - 2024 AF. Todos os direitos reservados.